Caminhada Solidária arrecadou mais de três mil euros para Érica deixando família grata e associação feliz

Caminhada Solidária arrecadou mais de três mil euros para Érica deixando família grata e associação feliz

Eram perto das 18h00 do primeiro domingo de outubro. O sol estava a pôr-se mas o calor intensificou-se no coração da família de Érica, a menina de S.Vicente, no concelho de Penafiel, que sofre de uma doença rara, o grito do gato.

Ontem, cinco membros da Associação Sou da Rua foram entrega, na sede da associação, à pequena Érica o cheque com um montante de 3.515 euros. Este foi o resultado da solidariedade das centenas de pessoas que se juntaram, no dia 29 de setembro, em Entre-os-Rios, para vestirem a camisola e partirem juntos numa caminhada pela Érica.

O objetivo passa por entregar este montante à família da criança para que possa investir em terapias que a ajudem a melhorar a sua qualidade de vida. Até porque Érica não fala mas, com alguma ajuda, já consegue caminhar. “Passo a passo tem vindo a melhorar”, conta a mãe, e é “passo a passo” que a associação quer ajudar esta família a sorrir.

E esse objetivo foi cumprido. Com um grande sorriso no rosto, Érica e os seus pais esperaram à porta da associação, agarrados e emocionados, pelos membros da associação. “A Dona Dolores emocionou-se ao receber o cheque, e deixou-nos a nós, membros da direção, sensibilizados”, contou o presidente, Jorge Monteiro. “A Érica não teve bem consciência do que se estava a passar, mas parecia que sentia alguma coisa, pois estava sempre na brincadeira”, adiantou. Também o seu olhar feliz não deixou ninguém indiferente e isso “é a melhor recompensa de todo o esforço”. 

Por todos estes motivos, a Associação Sou da Rua afirmou ao Jornal A VERDADE que esta iniciativa para ajudar a Érica e a sua família “superou todas as expectativas”. Também esta família considerou que toda a ajuda é bem-vinda e mostrou-se “imensamente grata por todos os que se juntaram à caminhada mas, sobretudo, à associação pela iniciativa”. 

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta