Autarquia de Celorico de Basto diminui carga fiscal sobre as famílias e pessoas singulares

Autarquia de Celorico de Basto diminui carga fiscal sobre as famílias e pessoas singulares

Foi aprovada a proposta do executivo da Câmara Municipal de Celorico de Basto que visa o aumento do rendimento disponível das famílias, com o IRS cobrado pelo município aos agregados familiares a ser reduzido de 5 para 4,5 porcento.

Foi também anunciado que a redução especial de IMI para dependentes se mantém, bem como a taxa de IMI nos 0,32 por cento para prédios urbanos e a taxa de derrama.

Para além das anteriores, foi ainda aprovada uma dedução fixa do valor a pagar considerando o número de dependentes que compõem o agregado familiar, fixando-se para um dependente a dedução de 20 euros, para dois dependentes 40 euros e para três ou mais dependentes 70 euros.

A propósito desta medida, Joaquim Mota e Silva, presidente da autarquia, refere que o executivo que lidera vai continuar a “reduzir os impostos no sentido de apoiar de forma efetiva e concreta as famílias e as empresas com políticas de desagravamento fiscal constantes, que permitam uma maior capacidade monetária nos orçamentos familiares e um maior incentivo à fixação de empresas no concelho. São políticas centradas nos cidadãos e ao mesmo tempo no crescimento económico e social”, garantiu.

O autarca explica que a “redução do IRS cobrado pelo município de 5 para 4,5 por cento implica a redução de menos 10 por cento do IRS cobrado”, o que considera ser “bastante importante para as famílias”.

Relativamente à manutenção das taxas relativas ao IMI, Joaquim Mota e Silva defende que “contribui favoravelmente para a redução dos encargos de muitas famílias e que contribui também para um aumento substancial do rendimento disponível das pessoas de população no concelho”.

 

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta