Novo diretor da Escola Profissional de Cinfães pretende alargar a oferta formativa

Novo diretor da Escola Profissional de Cinfães pretende alargar a oferta formativa

Paulo Vasconcelos é, desde o dia 1 de setembro, o novo responsável pela Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Cinfães e já definiu algumas prioridades.

“Temos várias ideias, há a intenção de alargar o âmbito do objeto da escola para outras áreas que vão além da cozinha e pastelaria”, revelou ao jornal A VERDADE.

O novo diretor recordou que, no passado, “o estabelecimento de ensino já ministrou outros cursos, nomeadamente ligados à animação social e ao turismo, que agora poderão ser retomados”.

Quanto às instalações e à capacidade para acolher mais alunos, Paulo Vasconcelos assegura que a situação está acautelada. O diretor explica que, além do edifício/ sede da escola profissional, existe agora a possibilidade de “usar a antiga escola do primeiro ciclo de Tuberais, que, entretanto, foi desativada e que nos permite alargar a capacidade para quase o dobro”.

A Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Cinfães tem, neste momento, 60 alunos distribuídos por quatro turmas.

Paulo Vasconcelos é licenciado em Matemática e Ciências Naturais; tem pós-graduação em Planificação e Administração Escolar; é professor na E.B 2.3 General Serpa Pinto, em Cinfães e é presidente da Junta de Freguesia de S. Cristóvão de Nogueira, Cinfães.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta