Campeonato do Mundo de Motonáutica regressa a Baião este fim de semana

Campeonato do Mundo de Motonáutica regressa a Baião este fim de semana

A Albufeira da Pala, em Ribadouro (Baião) está prestes a ser palco de uma etapa do Campeonato do Mundo de Motonáutica – fórmula 2, naquela que será a quarta edição consecutiva da competição em águas baionenses. Entre esta sexta-feira e domingo, 15 de setembro, os melhores pilotos do mundo destas autênticas “máquinas voadoras” regressam ao rio Douro, para participarem num evento cujo programa vai além da modalidade desportiva em si.

Mas comecemos pela figura de proa do certame: a prova deste Campeonato do Mundo de Motonáutica – fórmula 2, que vai decorrer num circuito com cerca de 1800 metros de perímetro, com a obrigatória rondagem das quatro bóias laranja (pela direita) e da bóia amarela (pela esquerda).

Com motores que passam dos zero aos 100 kms/hora em apenas quatro segundos, os veículos atingem a velocidade máxima de 190 kms/hora e, em rondagem, atingem o grau 4,5 de Força G (unidade de aceleração correspondente à aceleração devida à gravidade na Terra), apenas superado pelas acrobacias aéreas com aviões. Com tamanha potência, não é de espantar que estes catamarans toquem na água somente ao de leve, tendo os pilotos a missão de manter o controlo e não perder a aderência ao rio.

Por falar em pilotos, refira-se a presença de Duarte Benavente, piloto português que, este ano, em estado em todas as provas do Campeonato do Mundo de F2. À entrada para a etapa em solo luso, ocupa o terceiro lugar, pelo que volta a Portugal com expetativas de repetir os resultados positivos do passado (venceu em 2017 e foi segundo em 2018). Duarte Benavente prometeu “lutar com muita determinação para elevar as cores de Portugal” e não desistir da luta pelo título enquanto for matematicamente possível.

O campeonato arrancou a 26 de maio, na Lituânia, tendo passagens posteriores na Noruega e Itália. Depois da prova deste fim de semana (a penúltima da época), a competição terá o seu epílogo em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, a 6 de dezembro. Os campeões do mundo de 2017 e 2018 já confirmaram a presença, sendo que o piloto do Abu Dabhi Team, Rashed Al Qenzi (campeão em Ribadouro em 2017), lidera atualmente a classificação geral.

Na sexta-feira, vão ser feitas a verificações administrativas e as inspeções técnicas dos veículos. Às 16h00, vai realizar-se a reunião de equipas, com o jantar oficial de boas-vindas a ficar reservado para as 21h00.

No dia seguinte, já depois da cerimónia oficial de abertura, decorrem os treinos livres, seguidos das provas de qualificação para apurar os 15 melhores pilotos de um total de 22. Entre as 18h00 e as 21h00, para relaxar e desfrutar do pôr do sol em ambiente de festa, vai decorrer uma “Sunset Party”.

No domingo de manhã, será efetuada prova de repescagem para encontrar os restantes cinco pilotos que completarão a grelha de partida com 20 pilotos. O Grande Prémio de Portugal arranca às 15h15, sendo que a entrega de prémios está agendada para as 17h00.

A prova é organizada pelo Clube Náutico de Ribadouro e pela Câmara Municipal de Baião, sob a égide da Union Internationale Motonautique e da Federação Portuguesa de Motonáutica. Conta também o apoio do Turismo de Portugal, Turismo do Porto e Norte de Portugal, Instituto Português do Desporto e da Juventude, Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo e União de Freguesias de Ancede e Ribadouro.

O presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica disse esperar este ano uma maior adesão de público, consolidando o sucesso dos anos anteriores. No ano passado, estiveram em Baião cerca de 20 mil espetadores.

Dependendo do local de residência, pode chegar à Pala – Ribadouro, em Baião, de comboio, de carro, moto ou bicicleta, de barco ou a pé. Com os melhoramentos efetuados pelo município de Baião (primeira fase do passeio pedonal) já em fase de acabamento, as condições de segurança foram reforçadas e o espaço disponível para os espectadores e a visibilidade para toda a pista foram aumentados.

Consulte o programa completo do evento.

SEXTA-FEIRA 13 setembro 2019
Chegada das Equipas 08:00
Verificações Administrativas 10:00 – 18:00
Inspeções Técnicas 11:00 – 18:00
Reunião de Equipas F2 16:00
Jantar Oficial de Boas-Vindas 21:00
SÁBADO 14 setembro 2019
Abertura do Paddock 08:00
Verificações Administrativas 08:00 – 09:00
Inspeções Técnicas 08:00 – 09:00
Cerimónia Oficial de Abertura 09:15 – 09:45
Reunião de Pilotos 10:15 – 10:45
Treinos Livres 11:15 – 12:45
Acesso ao Paddock – Convidados 13:15 – 14:15
(Volta VIP)
Provas de Qualificação 15:30 – 17:00
‘Sunset Party’ 18:30 – 21:00
DOMINGO 15 setembro 2019
Abertura do Paddock 08:00
Reunião de Pilotos 09:00 – 09:30
Foto de Grupo (Pilotos com Fatos e Capacetes) 09:40
Treinos de Aquecimento 11:00 – 11:45
Corrida de Repescagem 12:15 – 12:30
Volta de Apresentação 15:30
Grande Prémio de Portugal 15:45
Cerimónia de Entrega de Prémios 17:00

 

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta