Acidentes suspendem shakedown do Rali Terras D’Aboboreira

Acidentes suspendem shakedown do Rali Terras D’Aboboreira

O shakedown do Rali Terras D’Aboboreira foi suspenso devido a três acidentes que aconteceram com pilotos em prova.

O troço onde decorria esta fase inicial do rali começava junto à Igreja de Manhuncelos, em Paredes de Viadores e Manhuncelos em direção ao Castelinho, já na freguesia de Avessadas e Rosém, no concelho de Marco de Canaveses.

O primeiro acidente aconteceu com o piloto Miguel Correia, logo ao início da manhã. O carro entrou em despiste, caiu numa ribanceira, acabando por ser consumido pelas chamas. Os ocupantes não sofreram ferimentos.

Publicidade

Também António Dias viu o seu futuro na sétima etapa do Campeonato Nacional de Ralis condicionado, com uma saída fora do troço. 

Também o espanhol Pepe Bassas perdeu o controlo da viatura – um Peugeot 208 a competir na Peugeot Cup Ibérica, tendo-se despistado e embatido numa árvore. O acidente causou ferimentos no seu co-piloto, que foi transportado para o Hospital Padre Américo, em Penafiel.

Os três pilotos envolvidos nos acidentes foram obrigados a abandonar a prova.

De realçar que a suspensão do shakedown não prejudicou a qualificação dos pilotos prioritários que saíram à frente da prova.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta