Expo Aboboreira vai ter vários workshops para a população durante três dias de festa

Expo Aboboreira vai ter vários workshops para a população durante três dias de festa

A Expo Aboboreira vai ter início amanhã, dia 5 de setembro. A terceira edição do certame organizado pela Dolmen vai acontecer no Centro Hípico de Baião e, à semelhança das edições anteriores, há um vasto programa de atividades disponíveis ao público.

Esta iniciativa pretende valorizar o património natural e cultural da Serra da Aboboreira, alertando para a importância da criação de condições que propiciem o seu usufruto e para o fomento da atividade económica subjacente a este ativo de inquestionável valor.

Para tal, contam, por um lado, com os expositores locais, que trazem os produtos como o mel, o vinho, as compotas, o fumeiro, entre outros. Mas, por outro, vão ser realizados três workshops relacionados com temáticas distintas como a economias de montanha associadas ao turismo de natureza, às atividades florestais e agropecuárias e à classificação da paisagem protegida regional.

No dia 5 de setembro, pelas 18h30, vai aconteceu o workshop intitulado “Economias de Montanha – Desporto e Natureza”. Tendo em conta que há um processo em curso de classificação de Paisagem Protegida Regional, a Dolmen, entidade que promove o evento, considerou pertinente  promover uma reflexão sobre a compatibilização entre a preservação dos espaços protegidas e o aproveitamento do seu potencial para económico para atividades diversas (agropecuária, florestal, desportiva, lazer, entre outros). O evento destina-se à comunidade local, a autarquias e agentes económicos.

A sessão de boas-vindas vai ser dada por Cristina Vieira, presidente da Dolmen e da câmara municipal de  Marco de Canaveses, pelas 18h30. Às 18h40  dá-se a comunicação “Estruturação da Oferta Nacional, Regional e Local | Trilhos e Percursos no Douro Verde – João Ruano (Portugal A2Z Walking & Biking)”, seguida da “A importância dos eventos de desporto, enquanto fator de desenvolvimento económico dos territórios de montanha – Manuel Zeferino (Bike service)”. Pelas 19h20 está previsto o tema “Usufruto dos Espaços Protegidos | Desporto de Natureza” e depois, um debate entre os participantes. A moderação estará a cargo de Manuel Pereira Cardoso, diretor da Dolmen.

No dia 6 de setembro, o workshop intitula-se “Paisagem Protegida Regional: O património natural e cultural da Serra da Aboboreira”, que tem início marcado para as 9h00 e cuja receção aos participantes será feita no Centro Hípico de Baião. Pelas 9h45 será feita a sessão de boas-vindas por Paulo Pereira, presidente do Conselho Diretivo da AMBT e presidente da câmara municipal de Baião.

Um dos nomes que faz parte do workshop é Luísa Jorge (ICNF) que vai responder à questão “O que é uma Paisagem Protegida Regional”. Depois, haverá uma visita de campo, onde o tema será “O património natural e cultural da Serra da Aboboreira”. João Honrado (FCUP) e Carla Stockler da câmara municipal de Baião são outros dois nomes já confirmados para este workshop. Pelas 11h45 vai realizar-se um debate, onde Ricardo Magalhães (AMBT) será o moderador.

A Dolmen informou que parte desta atividade será realizada a pé, com duração aproximada de 20 minutos, pelo que é aconselhável o uso de calçado e roupa confortável.

Ainda neste dia, mas já com o pôr do sol à espreita, vai realizar-se o terceiro workshop do certame, centrado na “Economias de Montanha – Agropecuária e Floresta”. André Magalhães, vereador da câmara municipal de Amarante vai dar as boas-vindas às 18h00 e deixará depois Avelino Rego, criador de raça maronesa no Alvão e responsável pelo Baldios Alvadia, falar sobre o tema “Criação Agropecuária | Nova Vida Novo Paradigma”.

Às 18h00 será abordada a “Importância da raça Arouquesa enquanto motor de desenvolvimento nas serras do Douro Verde”, pela voz de Fernando Moreira, presidente da ANCRA – Associação Nacional de Criadores de Raça Arouquesa. Também o “Potencial Florestal da Serra da Aboboreira no conjunto do Douro Verde” vai ser tema de conversa neste workshop, através de Domingos Lopes professor na UTAD. Ás 19h10 vai falar-se de “Política Florestal versus Produção Florestal”, com Américo Mendes, presidente Associação Florestal de Vale do Sousa a assumir o painel.

Depois, segue-se um debate, com moderação de José Augusto Barbosa, jornalista do Jornal A VERDADE.

Da programação constam ainda atividades de birdwatching, visita aos monumentos megalíticos, atividades desportivas nas modalidades de BTT (inserindo-se neste evento a etapa da Aboboreira do Douro Bike Race) Trail e Caminhada, com animação musical e gastronomia em permanência.

Durante quatro dias a Expo Aboboreira servirá de mote para a promoção do desenvolvimento económico, social e cultural do Douro Verde, um Território construído a partir dos Planaltos Dolménicos, como o que se localiza na Aboboreira.

Esta iniciativa realiza-se no âmbito do projeto Gestão Ativa da Serra da Aboboreira, implementado pela Associação de Municípios do Baixo Tâmega, em parceria com a Dolmen, sendo cofinanciado pelo Norte 2020.

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta