Amarante: Mosteiro de Travanca pode ser adquirido para exploração turística. Saiba como

Amarante: Mosteiro de Travanca pode ser adquirido para exploração turística. Saiba como

O Mosteiro de Travanca está a concurso público para recuperação e transformação, com vista a exploração turística. Até ao dia 21 de novembro, os interessados podem apresentar a candidatura para ficarem com um contrato de concessão, não renovável, por um prazo de 50 anos.

O concurso está a ser realizado no âmbito do programa REVIVE, uma iniciativa conjunta dos Ministérios da Economia, Cultura e Finanças, que tem como objetivo valorizar e recuperar património sem uso, promovendo a atratividade dos destinos regionais.

Quem concorrer deve saber que, caso fique com a concessão, vai pagar uma renda anual mínima de  51.600 euros, e incidirá sobre uma área de 4.248,96 metros quadrados, que deixa de fora a igreja Paroquial de Travanca, adjacente ao Mosteiro, bem como a antessacristia e a sacristia.

Os interessados devem apresentar a candidatura para  InvestAmarante, através de correio eletrónico: [email protected] ou por telefone: 914 378 870.

Em concreto, o objeto do Contrato de Concessão de Exploração que o Estado pretende celebrar em relação ao imóvel visa a realização de obras, incluindo infraestruturas, bem como posterior exploração para fins turísticos, enquanto estabelecimento hoteleiro, estabelecimento de alojamento local, na modalidade de estabelecimento de hospedagem, ou outro projeto de vocação turística, estimando-se que possam ser construídos 60 quartos.

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta