Cavacas de Resende não passaram à final das “7 Maravilhas Doces de Portugal”

Cavacas de Resende não passaram à final das “7 Maravilhas Doces de Portugal”

Estavam quase na final das “7 Maravilhas Doces de Portugal”. Foram o doce da região que mais longe chegou neste concurso mas, ainda assim, ficou este sábado, dia 24 de agosto, pelo caminho desta caminhada.

Nem por isso as Cavacas de Resende deixaram um “sabor amargo” a quem foi representar o doce a Arcos de Valdevez.

“Estamos orgulhosos do percurso que fizemos até às meias finais, pois conseguimos levar o nome das nossas Cavacas e de Resende a todo o mundo. O Município agradece a todos os que nos acompanharam desde o início neste desafio e a todos os que votaram nas Cavacas de Resende”, escreveu fonte do município na sua página de Facebook oficial, agradecendo o apoio de todos.

Recorde-se que esta semana também o Biscoito da Teixeira tentou ser repescado mas sem sucesso.

O doce que passou à final mais próximo da região vem de Arouca, com as Barrigas de Freira. Ao todo são sete doces, entre eles: Amêndoa Coberta de Moncorvo IGP; Barrigas de Freira; Bolinhol de Vizela; Charutos dos Arcos; Crista de Galo; Mel Biológico do Parque Natural de Montesinho; e Roscas de Monção.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta