Bitetos Douro proporciona experiências radicais e de passeio nos três rios da região

Bitetos Douro proporciona experiências radicais e de passeio nos três rios da região

A Bitetos Douro surge em 2013 com a ideia de dinamizar a praia de Bitetos em Várzea, na freguesia de Alpendorada, Várzea e Torrão, no concelho de Marco de Canaveses através de gaivotas. A oito gaivotas, juntaram-se 10 caiaques e depois, seis barcos que, atualmente, são possíveis de utilizar no rio Douro, Tâmega e Paiva.

O mentor, que cresceu junto ao rio, é Filipe Ferreira e é quem diariamente coloca os barcos no rio, seja para passeios com turistas vindos de todo o mundo, seja para grupos de amigos que arrojam nos desportos radicais.

“Comecei com as gaivotas, depois juntei os caiaques e hoje temos uma frota considerável que trabalha de março a dezembro, desde que o tempo nos ajude”, começou por explicar Filipe Ferreira.

Os grupos de turistas que chegam de todo o país e de todo o mundo “saem daqui deliciados com as paisagens e experiências que lhes proporcionamos no rio”. Os nacionais rendem-se mais “em grupos aos desportos radicais ou de há um ano para cá, para despedidas de solteiro/a. Conquistamos as mulheres com os nossos passeios no barco e festas/lanches na Ilha dos Amores”, garantiu.

Apesar de ser uma atividade sazonal, Filipe Ferreira conta já com uma equipa permanente de cerca de sete pessoas que vão auxiliando nas marcações. Parcerias com hotéis e alojamento local “facilitar os agendamentos. Temos os dias preenchidos não só com marcações diretas, como também serviços que prestamos em apoio ao turismo da região que está em crescimento”.

À entrada da região Vinhateira os passeios de barco deslumbram quem durante uma hora desfrutar das águas do Douro. A aposta no turismo tem vindo a aumentar em toda a região, e esta não é exceção. “A praia de Bitetos tem sido procurada cada vez mais por nacionais, mas os internacionais já começam a aparecer. Nesta altura os emigrantes não dispensam esta praia e os desportos no rio”, disse Filipe Ferreira.

E se o ditado popular diz “Santos da casa não fazem milagres”, Filipe Ferreira diz que “talvez a região ainda não conheça bem o projeto, só tenham ideia destas atividades em outros locais, como o Gerês, e nós temos isso ou melhor”. Se nos outros locais os valores nem sempre são para todas as carteiras, Filipe Ferreira garante que “a Bitetos Douro pratica valores a metade do preço, com um serviço de qualidade. O tempo de utilização é superior ao comum. Por isso, não têm de deixar de experimentar”.

O verão tem ainda muito para dar e a equipa da Bitetos Douro muitos dias tem pela frente para receber todos quantos queiram experienciar os serviços disponíveis. Um passeio de barco ou uma tarde de desportos radicais. Uma festa de aniversário ou uma reunião de amigos podem fazer parte das férias de qualquer um, mesmo ao “lado de casa”, a partir da praia de Bitetos, na freguesia de Alpendorada, Várzea e Torrão em Marco de Canaveses.

Publireportagem

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta