Publicidade

banner-baiao-festas-700x259

Volta a Portugal 2019: Dobradinha do Porto dá empate na Senhora da Graça

Volta a Portugal 2019: Dobradinha do Porto dá empate na Senhora da Graça

Falta um dia para terminar a mais emocionante Volta de todos os tempos. Aguentará o coração dos adeptos os 19,5 quilómetros que faltam? Ninguém se lembra de um final assim e não há registo, nas anteriores 80 edições, de uma discussão ao centésimo como a que vamos assistir, este domingo, no Porto, numa Avenida dos Aliados inundada por um mar de gente.

 

Há dois homens a agarrar a Amarela

Depois da última etapa em linha e da chegada à Senhora da Graça, em Mondim de Basto, ganha por António Carvalho, a Camisola Amarela ficou empatada. A W52-FC Porto fez uma dobradinha, João Rodrigues terminou imediatamente atrás do companheiro de equipa e anulou o escasso segundo que tinha de desvantagem sobre o comandante da classificação geral, Joni Brandão (Efapel), que foi terceiro na chegada ao Monte Farinha. Será o contrarrelógio final da 81ª Volta a Portugal Santander entre Gaia e o Porto, este domingo à tarde, que vai decidir o vencedor da Volta 2019. É inédito no historial da prova haver dois corredores empatados à partida da derradeira etapa. Gustavo Veloso, o terceiro da Geral, perdeu outra vez tempo e passou a estar a 40 segundos dos dois melhores.

Esta etapa não decidiu a Volta, mas afastou definitivamente alguns candidatos ao primeiro lugar, como por exemplo Vicente Garcia de Mateos (Aviludo-Louletano) que abandonou a prova devido a uma indisposição.

 

9a Etapa 133,5km 10/08, Fafe – Mondim de Basto (Sra da Graça) durante a 81ª Volta a Portugal Santander 2019, Foto PODIUM / Paulo Maria

António Carvalho com fôlego de vencedor

A discussão entre Brandão e Rodrigues na etapa desde sábado que partiu de Fafe retirou protagonismo ao triunfo de António Carvalho, mas não deixa de ser um feito significativo porque correram-se 133,5 quilómetros e o homem da equipa azul e branca esteve quase sempre na frente. Primeiro Carvalho teve a companhia de outros elementos em fuga e depois em solitário, quando a seis quilómetros da meta disparou à procura da primeira vitória na Volta a Portugal.

Aberta ao ciclismo, como sempre, a “Sala de Visitas do Minho” animou-se ainda com a partida da penúltima etapa, a última em linha. Num dia de muitas subidas, a Montanha surgiu logo aos primeiros quilómetros. Ainda nem tinha passado uma hora de prova e já a classificação do “Rei dos Trepadores” estava resolvida. Luís Gomes (Radio Popular-Boavista), com a vantagem que tinha e amealhando pontos nas primeiras contagens, garantiu definitivamente a Camisola Azul Liberty Seguros e só tem mesmo de chegar ao Porto. Totalmente fechada está também a classificação dos Pontos, Camisola Verde Rubis Gás, que teve em Daniel Mestre (W52-FC Porto) o vencedor. Com a desistência do basco Unai Cuadrado, devido a queda, a luta pela classificação da Juventude mantém-se e Emanuel Duarte (LA-Alumínios-LA Spot) voltou a envergar a Camisola Branca Jogos Santa Casa.

Este domingo, o primeiro corredor vai partir às 14h57 de Vila Nova de Gaia para os derradeiros 19,5 quilómetros até ao Porto. O Camisola Amarela, Joni Brandão, será o último a sair, às 16h50.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta