Publicidade

banner-baiao-festas-700x259

Marco de Canaveses: Padre Samuel Félix foi recebido na paróquia de Manhuncelos

Marco de Canaveses: Padre Samuel Félix foi recebido na paróquia de Manhuncelos

Um tapete de flores e uma salva de morteiros. Foi assim que a paróquia de Manhuncelos, no concelho de Marco de Canaveses recebeu o padre Samuel Félix que, a partir de hoje, passa a ser pároco daquela localidade. O novo padre da Vigararia do Marco de Canaveses recebeu da mão do vigário Herminio Pinto, as chaves da Igreja e do Sacrário, numa cerimónia onde foi lida, perante uma assembleia repleta de fiéis, a carta do Bispo D. Manuel Linda.

O padre Samuel Félix, para além da paróquia de Manhuncelos, na freguesia de Paredes de Viadores e Manhuncelos, assume também as paróquias do Freixo e de Tuías, ambas da freguesia do Marco.

Samuel André Carvalhas Félix foi nomeado padre destas três paróquias, substituindo assim o padre António Carvalho que assumiu estas três localidades em 1983.

O novo pároco da Vigararia do Marco tem 36 anos e é natural de Espinho. Foi ordenado sacerdote em 12 de julho de 2009, estando, até ao momento, à frente das paróquias de Santa Maria de Avioso e São Pedro de Avioso, no concelho da Maia. Em conversa com o Jornal A VERDADE, o padre Samuel Félix, revelou que o desejo de seguir a vida do sacerdócio surgiu na adolescência. “Entre muitas outras possibilidades, colocou-se a hipótese do sacerdócio. Terminado o 12.º ano, entrei na Faculdade de Teologia e vinculei-me ao seminário”, sublinhou.

Sobrinho-neto do padre Agostinho de Oliveira Félix, o novo pároco de Marco de Canaveses, garante que a decisão foi tomada “sem pressão. Foi um caminho que se foi percorrendo. É um compromisso que assumi”.

Com o objetivo de “estar e conhecer as pessoas e a realidade de cada paróquia”, o padre Samuel Félix aceitou assim um novo desafio. “Quero entrar dentro da realidade da Vigararia de Marco de Canaveses e, naturalmente, poder fazer um percurso como tenho feito até aqui, humano e de fé, centrado naquilo que é a minha missão como padre e que a nossa Diocese nos vai propondo”, afirmou.

Do concelho de Marco de Canaveses, o sacerdote apenas conhecia verdadeiramente o Convento de Avessadas, uma vez que participou em vários retiros como seminarista. O primeiro contacto com as paróquias que, a partir deste fim de semana vão estar à sua responsabilidade, aconteceu há cerca de duas semanas. “Visitei as três paróquias, acompanhado do padre Carvalho, pelo D. Armando e pelo vigário padre Hermínio. Foi o primeiro contacto que tive”, sublinhou, assumindo que “vai ser um desafio conhecer outra zona da Diocese do Porto”.

O padre Samuel Félix acredita que, o povo das três paróquias que vai assumir, está “disponível para acolher um novo pároco”, sublinhando a importância do “conhecimento mútuo” e da aprendizagem. “Temos muito a aprender com as gentes, com o povo, na alegria de sermos comunidade e Igreja”, concluiu.

Na cerimónia que decorreu esta tarde em Manhuncelos também marcou presença o vice-presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses, Bruno Magalhães, e o presidente da Junta de Freguesia de Paredes de Viadores e Manhuncelos, Miguel Queirós.

Amanhã, dia 11 de agosto, o padre Samul Félix será recebido na paróquia do Freixo, com celebração às 11 horas,  e na paróquia de Tuías, onde se realiza uma missa pelas 16h30.

 

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta