Estudantes de Medicina da Universidade do Minho foram a Baião “Promover a Saúde”

Estudantes de Medicina da Universidade do Minho foram a Baião “Promover a Saúde”

Entre os dias 11 e 12 de julho, um grupo de estudantes de Medicina da Universidade do Minho (UM) estiveram em Baião a desenvolver o projeto “Promover a Saúde”, o qual resulta da parceria entre a autarquia baionense e o Núcleo de Estudantes de Medicina da Universidade do Minho.

A iniciativa, que foi dinamizada em conjunto com Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e Centros de Relação Comunitária do concelho, teve como propósito executar uma intervenção de prevenção primária que diminua, a curto e longo prazo, os riscos associados ao isolamento e solidão na terceira idade. Este objetivo foi concretizado através de medidas de apoio imediato direcionadas e adaptadas a cada caso, tais como conselhos, rastreios e educação para a saúde.

Os estudantes foram recebidos no dia 11, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelos presidente e vice-presidente do município, os quais descreveram esta ação de voluntariado como uma mais-valia para os utentes das IPSS e para o concelho em geral. Durante a sessão, os alunos visualizaram dois vídeos promocionais de Baião, tendo manifestado o seu agrado no final.

O grupo dividiu-se em cinco equipas compostas por cinco elementos a fim de se espalharem pelas sete entidades parceiras da iniciativa: Santa Casa da Misericórdia de Baião; Adegril; Cecajuvi; OBER; Centro Social de Santa Cruz do Douro; Centro de Relação Comunitária de Viariz; e Centro de Relação Comunitária de Tresouras e Loivos Ribeira.

No final da tarde do dia 12, a Tuna da Faculdade de Medicina da UM juntou-se à restante comitiva para um jantar convívio, seguido da atuação pública na Praça Eça de Queiroz/Fonte Nova.

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta