Pároco de Paredes D. Vitorino “surpreso” com novo cargo de Bispo Auxiliar do Porto

Pároco de Paredes D. Vitorino “surpreso” com novo cargo de Bispo Auxiliar do Porto

D. Vitorino Soares vai assumir o cargo de Bispo auxiliar do Porto. A boa-nova foi anunciada esta quarta-feira ao pároco que exercia funções em  Castelões de Cepeda e Madalena, em Paredes.

Emocionado, falou ao Jornal A VERDADE sobre este novo desafio que lhe caiu em mãos. “Recebi a notícia com grande perplexidade e surpresa, confesso que nunca pensei que isto me fosse acontecer”, constatou.

Mostrou-se “muito satisfeito” pela confiança depositada pelo Papa Francisco e, por isso, “não podia dizer que não”.

Tendo em conta as reformulações que a Diocese do Porto tem vindo a sofrer ao longo dos últimos anos, D. Vitorino confessa sentir-se “com uma grande responsabilidade em mãos”, mas afirmou que vai tentar “honrar a oportunidade com o dom que Deus” lhe deu. Para tal, D. Vitorino disse contar com o apoio do Bispo do Porto.

D. Vitorino nasceu em 1960, em Luzim, uma antiga freguesia do concelho de Penafiel. É o mais velho de cinco irmãos, mas, além dele, também outro (Avelino Soares) seguiu as suas pisadas e é também padre, em Rio Tinto. Esta foi uma das vontades da mãe D. Vitorino, que, na hora da sua morte, confessou que pediu a Deus um filho padre, e teve dois.

Em 1979 foi estudar teologia e, em 1985, foi ordenado na Sé do Porto. Após 34 anos desta data, viu-se agora como Bispo Auxiliar do Porto. Foi prefeito do Seminário Maior do Porto (1989-1994), o de capelão militar (1987-1989) e o de prefeito do Seminário Menor do Bom Pastor (1984-1987).

Mais tarde, foi diretor do secretariado diocesano da pastoral juvenil, professor de religião e moral e assistente espiritual das conferências vicentinas.

A ordenação episcopal tem data prevista para 29 de setembro, no Porto.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta