Publicidade

banner-baiao-festas-700x259

Câmara de Felgueiras pretende que “Bacalhau à Felgueiras” passe a ser uma iguaria identitária do município

Câmara de Felgueiras pretende que “Bacalhau à Felgueiras” passe a ser uma iguaria identitária do município

No passado dia 8 de julho, foi apresentado publicamente o “Bacalhau à Felgueiras”, um prato que o município pretende que seja entendido como uma iguaria identitária do município, tendo em conta a sua ligação à história do concelho.

O “Bacalhau à Felgueiras” é constituído por produtos endógenos de Felgueiras, sobressaindo o espargo e o kiwi. “Este prato, o Pão de Ló de Margaride (finalista distrital às 7 Maravilhas Doces de Portugal) e os Vinhos de Felgueiras constituem agora uma oferta mais distintiva e integrada que estou certo afirmará cada vez mais Felgueiras como destino turístico de gastronomia & vinhos”, disse o presidente da câmara, Nuno Fonseca.

Rodrigo Pinto Barros, presidente da Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo, salientou que este prato apresentado “tem tudo para ter sucesso”, tendo em conta a sua “qualidade e o marketing associado”. 

A autarquia de Felgueiras revelou na apresentação do prato que há documentos do arquivo distrital de Braga que comprovam que o bacalhau já fazia parte da dieta alimentar dos Monges Beneditinos de Pombeiro desde, pelo menos, 1638.

Na dieta da população de Felgueiras, o registo mais antigo é datado de 1699 e é relativo à sua venda nas nas feiras de Barrosas, S. Jorge de Várzea e Margaride.

 

publicidade

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta