Paços de Ferreira: Bombeiros Voluntários de Freamunde festejam 89.º aniversário este sábado

Paços de Ferreira: Bombeiros Voluntários de Freamunde festejam 89.º aniversário este sábado

É já amanhã, dia 13 de julho, que os Bombeiros Voluntários de Freamunde cumprem 89 anos de existência.

Para assinalar a data, durante a tarde, vão decorrer diversas atividades, nomeadamente um desfile apeado e motorizado, a bênção das novas viaturas, a receção às entidades e a entrega de condecorações aos bombeiros com cinco e 25 anos de serviço. As comemorações terminam com um lanche-convívio, que acontece a partir das 18h30.

Este ano, a principal novidade é o já referido desfile motorizado e apeado, que se vai realizar por setores e que vai contar com a recém-formada equipa de salvamento em grande ângulo. Apresentado no Dia Municipal do Bombeiro, este grupo foi criado graças às verbas angariadas em prol da campanha “Quartel Electrão”, a partir da qual se procedeu à recolha de equipamentos eléctricos, pilhas e lâmpadas usadas.

“É uma equipa preparada para o salvamento em zonas de acesso difícil”, começa por explicar o comandante José Domingos ao Jornal A VERDADE, acrescentando que esta pode atuar em “zonas muito elevadas, zonas de montanha e zonas em grande profundidade, como poços, postes de alta tensão ou barragens”.

O homem que lidera os Bombeiros Voluntários de Freamunde há um par de anos dá um exemplo de uma situação em que esta equipa foi chamada a intervir: “recentemente, houve alguém que ficou preso numa eólica, lá no alto. Esta equipa está preparada para fazer o resgate nesse tipo de altitude”, assegurou.

Quanto às duas novas viaturas que vão ser benzidas amanhã, José Domingos refere que a sua função “não é tanto um serviço operacional”, uma vez que “são viaturas de transporte de doentes não-urgentes”. “Vêm dar conforto e comodidade às pessoas que vão para clínicas, hospitais e que necessitam de transporte diariamente”, afirmou, dando conta de que esta aquisição representa “uma forma de renovar a frota dos bombeiros, o que é necessário, porque as viaturas não duram toda a vida”.

Relativamente aos desafios que a corporação que integra há 29 anos enfrenta, José Domingos sublinha que, “em termos das infraestruturas, será uma segunda fase da ampliação do quartel”. “Já foi feita há quatro anos uma parte da ampliação e será feita uma segunda para breve, talvez para 2020”, estimou.

“em termos de equipamento de transporte”, o principal objetivo passa agora pela “renovação do parque de viaturas de emergência”, visto que, no que concerne ao “equipamento individual dos bombeiros”, vai ser amanhã apresentada a “aquisição de equipamento de proteção individual” para cada membro da corporação.

Com o verão e o calor em alta por estes meses, o comandante deixa a garantia de que ele e os seus homens estão a postos para a época crítica de incêndios que se avizinha: “estamos preparados! Somos a única corporação no distrito que tem três equipas subsidiadas pelo estado para intervenção permanente contra fogos florestais. Para a nossa zona de intervenção é suficiente e estamos disponíveis para apoiar as outras corporações do distrito sempre que for preciso”, sublinhou.

 

 

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta