Penafiel: Família vítima de acidente na EN108 fazia mudanças para Marco de Canaveses

Penafiel: Família vítima de acidente na EN108 fazia mudanças para Marco de Canaveses

Notícia atualizada às 20h30 horas

Uma das vítimas do despiste desta terça-feira na estrada 108, em Canelas – Penafiel, vivia na freguesia de Alpendorada, Várzea e Torrão, concelho de Marco de Canaveses, confirmou ao Jornal A VERDADE o autarca local, Domingos Neves.

De acordo com o presidente de junta, a mulher de 48 anos reside há cerca de um ano na rua Quinta da Bomba, perto da Unidade de Saúde Familiar de Alpendorada, e é natural de Famalicão. “Tinha vindo à junta de freguesia pedir apoio e vivia cá”, revelou.

Esta vítima em estado grave é mãe de duas jovens que seguiam também no carro, uma de 12 anos e outra com cerca de 20 anos, esta última mãe do bebé de dez meses que viajava junto e que perdeu a vida em consequência do acidente.

A outra vítima mortal foi o condutor da viatura, um homem que seria companheiro da senhora de 48 anos e pai da menor de 12 anos, e que morava em S. João de Ver.

O motivo da viagem seria uma aparente mudança do núcleo familiar para a freguesia de Constance, também em Marco de Canaveses, onde já residia a jovem de 20 anos e o seu companheiro, bem como o pequeno bebé.

A viatura ligeira estaria a acompanhar uma viatura de transporte de mudanças que viria daquela freguesia de Santa Maria da Feira mas, a determinado momento, os dois veículos terão seguido uma rota diferente e a viatura acidentada dirigiu-se para Marco de Canaveses pela estrada 108, marginal ao rio Douro, segundo apurou o Jornal A VERDADE junto de conhecidos da família.

Segundo apurou ainda o Jornal A VERDADE junto da mesma fonte, o pai do bebé tomou conhecimento do acidente através da comunicação social, quando já estava em Constance, e se apercebeu que se tratava da sua família. Momentos depois, acompanhado de familiares e padrinhos do bebé, dirigiu-se para o Hospital Padre Américo, em Penafiel.

Recorde-se que a viatura seguia com os cinco ocupantes, no sentido Porto – Entre os Rios, quando se despistou na freguesia de Canelas, em Penafiel, acabando por cair de uma ribanceira com cerca de 50 metros.  O veículo ficou imobilizado numa presa com água, junto ao rio Douro.

Do despiste resultou assim a morte do condutor, o homem com 60 anos e de um bebé com dez meses. A mãe do bebé, que se encontra grávida, e a irmã de 12 anos, ficaram com ferimentos ligeiros.

Já a mãe destas duas jovens, encontra-se em estado grave, após sofrer uma paragem cardiorespiratória, situação que foi revertida no local, seguindo para o Hospital Padre Américo, em Penafiel, informou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Entre-os-Rios, Marco Ferreira.

O alerta foi dado por volta das 12 horas desta terça-feira, e para o local foram acionados vários meios dos Bombeiros de Entre-os-Rios, de Paço de Sousa e de Melres, assim como a VMER do Vale do Sousa, a SIV, a Polícia Marítima e a GNR das Termas de S. Vicente. No total, estiveram a prestar socorro 45 elementos e 20 viaturas.

2 comentários

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

2 Comentários