Feira do Vinho Verde de Castelo de Paiva termina este domingo mas sem copos desde sexta

Feira do Vinho Verde de Castelo de Paiva termina este domingo mas sem copos desde sexta

“A Feira do Vinho Verde de Castelo de Paiva tem sido um sucesso“. Quem o diz são os vendedores que estão nos stands oficiais de venda de copos, tendo em conta que, na sexta-feira, esgotaram o stock.

A grande afluência populacional fez com que, na sexta-feira, todos os copos recicláveis fossem vendidos. A organização esperava muita gente nesta edição, mas parece que superou todas as expectativas.

Na noite de sábado, dia 6 de julho, o desafio foi encontrar um recipiente por onde beber o vinho. Muitos, beberam-no diretamente pela garrafa. Outros, pelas cavacas. Houve quem trouxesse as canecas do ano anterior e outros tiveram a amabilidade de outras barracas oferecerem copos plástico.

Copos à parte, o vinho verde bebeu-se na mesma, e a animação fez-se pela noite dentro, num ambiente de festa e com grande afluência populacional. Os restaurantes não tiveram mãos a medir, com cerca de 400 pessoas em cada um dos seis estabelecimentos presentes, a acompanhar a tendência de sexta-feira.

Este domingo, dia 7 de julho, dá-se o último dia da Feira do Vinho Verde, do Lavrador, da Gastronimia e do Artesanato de Castelo de Paiva. Ainda há vinho, garantiram ontem os produtores ao Jornal A VERDADE, e há muito artesanato para observar.

Para quem quer passar um domingo diferente, saiba que além do vinho e dos seis restaurantes patentes no espaço, há ainda enchidos a provar, e outras opções gastronómicas que agradam a todos, e a todas as carteiras.

A agradar a todos estará a animação. O certame arrancou este domingo com os Bombos Independentes de Meixomil, pelas 10 horas.

Pelas 12 horas, as confrarias vão desfilar pelo Largo do Conde, seguindo-se as habituais provas de vinhos e as jornadas gastronómicas que vão ser animadas com a presença do Rancho Folclórico de Castelo de Paiva, marcando presença a Cantadeira Irene da Gaita, as Concertinas do Val do Arda e as Concertinas Diatónicas. 

Pelas 14h30 o Rancho Folclórico de Castelo de Paiva vai andar pelas ruas para garantir a animação de todos os presentes, seguido da Cantadeira Irene da Gaita. 

Pelas 18 horas vão atuar as Concertinas do Val do Arda e as Concertinas Diatónicas, sendo que Ricardo Ramalho vai animar, a partir das 22 horas, o convívio de encerramento, denominado como baile dos resistentes.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta