Grupos já vestiram camisolas para festejar Feira do Vinho Verde de Castelo de Paiva

Grupos já vestiram camisolas para festejar Feira do Vinho Verde de Castelo de Paiva

Por volta das 14 horas, já se viam as camisolas iguais a deambular pelo Largo do Conde de Castelo de Paiva. Cerca de 50 mulheres, vestiram-se de Amarelo. Com o copo reciclável na mão, as funcionárias da fábrica Anita foram almoçar à Feira do Vinho Verde para fomentar o convívio e provar o que de melhor se produz na região.

Em torno da mesa, não faltaram as risadas e, claro, o vinho, momento ao qual nem a diretora da fábrica quis faltar. Foi a primeira vez que o grupo se juntou, embora já há muito andassem com a ideia na cabeça. “Mandamos fazer as camisolas, combinamos tudo, e lá fomos nós conviver fora do ambiente de trabalho. É um momento para mais tarde recordar”, disse uma das participantes, Graça Santos.

Este foi um dos muitos grupos que pessoas que se juntam em prol do convívio neste certame. “A feira do vinho verde teve mais um dia, é uma aposta que pode ser boa na medida em que retira de sexta-feira a confusão da inauguração. A sexta é o dia dos grupos, da diversão, é o dia que por norma tem mais gente”, explicou o engenheiro Guedes da Costa, proprietário da Casa de Algar e produtor do vinho Pata da Burra.

A grande afluência faz com que, quem vem em grupo, sinta necessidade de vir identificado. As camisolas iguais, com frases alusivas à feira, e pulseiras com led, são uma constante perante as milhares de pessoas que são esperadas esta noite, no Largo do Conde de Castelo de Paiva.

A programação desta noite vai contar com “Aromas do Verde” pelas 19 horas, no Largo do Conde. Segue-se o Rancho Folclórico de Bairros, que vai trazer os sons populares pelas ruas da vila. A Tuna de Medicina do Porto vai andar em redor das barracas para animar quem estiver com o copo reciclável na mão.

Pelas 22 horas sobem ao palco os “Amigos da Sexta”. Meia hora depois, Adilia de Arouca e Domingos Soalheira assumem o comando da desgarrada, onde o improviso vai reinar.

O baile segue com os Sound+, pelas 23 horas e, duas horas depois, serão os Nova Som a ocupar o palco. A partir das 3 horas há “Out Run” para os que ainda considerem cedo para largar o copo e irem dormir. A festa continua no sábado e no domingo, com mais música, dança e, claro, o vinho verde.

 

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta