Agustina Bessa-Luís vai ser homenageada na Festa Amarantina

Agustina Bessa-Luís vai ser homenageada na Festa Amarantina

No próximo sábado, dia 6 de julho, a Rua da Cadeia, no centro histórico da cidade de Amarante, vai prestar homenagem à falecida Agustina Bessa-Luís, no âmbito da Festa Amarantina.

Durante todo o dia, a iniciativa “Agustina é Amarantina”, vão ser levadas a cabo diversas atividades, como entoados contos da escritora, assim como lida a sua biografia, entre outras iniciativas.

Este ano, os moradores e outras pessoas que se juntam para a organização de uma Festa que emana das pessoas, decidiram homenagear a sua filha da terra com alguns momentos simbólicos, tendo a jusante uma mais que justa Homenagem a uma das maiores escritoras portuguesas.

Recorde-se que a escritora nasceu na freguesia de Vila Meã, em Amarante, tendo passado a sua infância e adolescência na região.

Estreou-se como romancista em 1949 com a novela “Mundo Fechado”, publicando desde então mais de meia centena de obras, entre romances, contos e livros infantis. O romance “A Sibila” é publicado em 1954, impondo-se na ficção portuguesa contemporânea.

A escritora também teve vários romances adaptados ao cinema, pelo realizador Manoel de Oliveira. Foi ainda autora de peças de teatro e guiões para televisão.

Agustina Bessa-Luís foi distinguida com vários prémios, tendo recebido mais do que uma vez o Grande Prémio de Romance e novela da Associação Portuguesa de Escritores. Foi também contemplada com o prémio Vergílio Ferreira, em 2004, no mesmo ano em que recebeu o Prémio Camões, o mais alto galardão das letras em Portugal.

Faleceu a 3 de junho de 2019.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta