Paredes: Daniela Silva foi uma das vítimas da queda de helicóptero homenageadas em Macedo de Cavaleiros

Paredes: Daniela Silva foi uma das vítimas da queda de helicóptero homenageadas em Macedo de Cavaleiros

No passado sábado, dia 29 de junho, a população de Macedo de Cavaleiros uniu-se para prestar homenagem à tripulação de INEM que morreu em dezembro em Valongo.

Uma das vítimas homenageadas foi Daniela Silva, enfermeira de Baltar, do concelho de Paredes. Tinha 34 anos e estava ao serviço do INEM ao final da tarde de dia 15 de dezembro quando o helicóptero se despenhou a 700 metros da Capela de Santa Justa, na Serra de Santa Justa, em Valongo.

Daniela Silva já fez também parte da corporação dos bombeiros de Baltar. Após várias homenagens que se fizeram pelo país, no dia 29 foi em Macedo de Cavaleiros que mais uma vez os nomes das vítimas se ouviram.

Com a emoção espelhada nas palavras, a secretária de Estado da Saúde, Raquel Duarte, salientou que esta homenagem “não é mais do que dizer um obrigado”. Disse ainda que esta foi uma forma de a população mostrar que ainda se lembra deles.

“Os profissionais que fazem serviço nos helicópteros do INEM estão 24 horas por dia, sete dias por semana disponíveis, à nossa disposição, e muitas vezes vão sem situações arriscadas, a qualquer lugar hora, faça chuva ou faça sol, lutando contra o tempo, contra a gravidade da situação e contra os locais improváveis onde alguns acidentes ocorrem”, acrescentou.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta