Publicidade

banner-festas-do-marco-2019-700x394
Banner-Expomontemuro-2019-700x315

Festival “HitchFest 2019” procura apoios para se realizar em Lousada

Festival “HitchFest 2019” procura apoios para se realizar em Lousada

O Parque de Merendas do Amial, em Lousada, vai acolher este verão o “HitchFest 2019”. Este festival internacional chega às margens do rio Sousa no dia 31 de julho, estendendo-se até 4 de agosto.

O programa espelha a filosofia de diversidade e de contacto com natureza promovida pelo festival: MAguPi, projeto do músico marcoense Márcio Pinto, é um dos nomes presentes no cartaz, que inclui também os bombos dos Lousad’Arrufar. Para além da música, vão ainda realizar-se workshops e conversas em torno da ecologia, da sustentabilidade, da viagem, da cidadania, da saúde e da alimentação.

Estão abertas inscrições para o programa, quer para voluntários, quer para as bancas de artesanato.

Depois de, em 2017, ter reunido cerca de mil pessoas em Marco de Canaveses, as expetativas para este ano estão em alta. “Queremos ir além da utopia e criar um espaço-tempo de como o mundo pode ser”, começou por explicar o organizador Francisco Pedro. “Vamos partilhar saberes e experiências, aprender a conhecermo-nos, a confiar na vida e a agir para transformar o mundo”, acrescentou, lançando de seguida um apelo à adesão em massa ao evento: “toda a gente é bem-vinda e convidada a participar!”

O “HitchFest” trata-se de um festival de vertente comunitária e a organização, que conta com o apoio do município de Lousada, decidiu lançar uma campanha de Crowdfunding para angariar os fundos necessários para a realização do evento. Até ao dia 5 de julho, cada pessoa pode escolher a quantia com que quer apoiar a iniciativa, ação que assegura desde logo a respetiva entrada no certame. As contribuições podem ser feitas através desta hiperligação.

Como agradecimento recebe diversas recompensas, como por exemplo um sabão natural, um retrato em aguarela, uma sessão de massagem ou uma noite no Eco-camping do Juncal.

“Transbordamos de entusiasmo e talento para co-criar, pela segunda vez, um evento mágico. Só nos falta um pequeno empurrão financeiro”, refere Francisco Pedro, que espera ver concretizada esta terceira edição do festival: “se toda a gente der um pouco do que tem, vamos ter a abundância de que precisamos e o sonho vai voltar a tornar-se realidade!”

Publicidade

Banner-Festival-Francesinha-Felgueiras-700x446

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta