António Manuel Marinho Gomes distinguido com medalha de honra do município de Celorico de Basto

António Manuel Marinho Gomes distinguido com medalha de honra do município de Celorico de Basto

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Celoricenses realizou na passada terça-feira, dia 18 de junho, uma cerimónia de homenagem a António Manuel Marinho Gomes, atual presidente da Assembleia Municipal e comandante do quadro de honra daquele quartel de bombeiros. O homenageado recebeu das mãos de Joaquim Mota e Silva, presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, a medalha de honra do município.

Foram várias as entidades a marcar presença no evento, que se seguiu à tomada de posse do novo comandante dos Bombeiros Voluntários Celoriquenses, Fernando António Marinho Gomes, do novo segundo comandante, Tiago Manuel Marinho Carvalho e do adjunto de comando, Raúl Fernando Nogueira Fraga. A par de nomes como Fernando Vilaça (representante da Liga dos Bombeiros Portugueses) ou Jorge Machado (presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Braga), estiveram também presentes outras corporações de bombeiros, que fizeram questão de prestar a sua homenagem a António Manuel Marinho Gomes.

Durante a respetivo discurso, Joaquim Mota e Silva descreveu o homenageado como sendo “um homem que pauta pela frontalidade, pela determinação e ao mesmo tempo sabe ser sensato, razoável, e que vive no concelho”. Por isso mesmo, na opinião do autarca, esta foi “uma homenagem mais do que justa a um homem que teve uma carreira ímpar de dedicação a Celorico de Basto, um bombeiro extraordinário, que encontrou tempo para se dedicar à causa pública, como autarca”.

Terminado o discurso e lida a proposta de concessão de distinção honorífica, o presidente da direção e convidados colocaram o colar de valor e mérito da associação no homenageado.

Emocionado, António Manuel Marinho Gomes agradeceu a presença de todos na iniciativa, tendo endereçado de seguida palavras de apreço aos colegas de profissão. “Nada seria possível sem o apoio, colaboração e lealdade dos meus homens. Sem estes bombeiros, que me apoiaram ao longo destes 42 anos, nada seria possível”, salientou.

Relativamente à sucessão, na opinião do homenageado, fica bem entregue. “Por limite de idade, tive de passar a pasta e desejo a todos os que foram hoje empossados que consigam desempenhar as funções que lhe foram confiadas da melhor forma. É um cargo difícil, mas estou certo que irá a bom porto”, afirmou.

A condecoração foi proposta na reunião da autarquia de 16 de maio de 2019 e aprovada por unanimidade. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, fez questão de enviar uma mensagem de louvor a António Manuel Marinho Gomes.

1 comentário

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

1 Comentário

  • Orlando Silva
    24 Junho, 2019, 10:21

    O comandante António Marinho Gomes esteve ao serviço dos BVC e da população celoricense durante 42 anos. É uma homenagem devida no tempo devido. Ao longo da sua carreira de bombeiro voluntário foi agraciado por diversas vezes com louvores e condecorações, como forma de reconhecer o mérito associado à sua dedicação ao longo destes anos, o que o torna no exemplo vivo do que deve ser o cidadão voluntário ao serviço da causa pública.
    Testemunhei de perto ao longo de vinte anos, enquanto bombeiro sem farda, a forma como granjeaste o respeito e admiração de todos os que contigo colaboraram.
    Um grande abraço fraterno com votos de muita saúde ao amigo Toninho Marinho.

    REPLY