Castelo de Paiva: Árvores da Quinta do Pinheiro retiradas por “representarem perigo elevado”

Castelo de Paiva: Árvores da Quinta do Pinheiro retiradas por “representarem perigo elevado”

Foram recentemente retiradas várias árvores no espaço da  Quinta do Pinheiro, em Sobrado, numa ação inserida no plano de atuação da Protecção Civil Municipal.

A população mostrou-se desagradada pelo corte de árvores, algumas centenárias, que se encontravam no local, tendo-se manifestado, entre outras formas, nas redes sociais. Por esse facto, a câmara municipal de Castelo de Paiva emitiu um comunicado.

“Foram retiradas algumas árvores que representavam perigo elevado para pessoas e edificados próximos, nomeadamente o Centro Social e Paroquial de Sobrado, entidade que, através do seu principal responsável, Fernando Sérgio, vinha reiteradamente manifestado preocupação com a situação, recordando-se que, ainda recentemente, nesta área de lazer, tombaram vários ramos de grande porte para a zona de entrada e via pública mais próxima”, explicaram.

Adiantam ainda que as árvores protegidas, que foram retiradas nesta intervenção, tiveram a respetiva autorização, por parte da entidade reguladora, “cumprindo por isso, todos os requisitos do ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e Florestas”. Ao longo desta intervenção, foram plantadas várias dezenas de novas árvores neste e em outros espaços municipais.

Fotografia: Elisabete Nobre

Fotografia: Elisabete Nobre

Fotografia: Elisabete Nobre

Fotografia: Elisabete Nobre

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.