Lousada acolheu penúltima conferência do ciclo “Quid Juris, Tâmega e Sousa?”

Lousada acolheu penúltima conferência do ciclo “Quid Juris, Tâmega e Sousa?”

Decorreu na passada sexta-feira, dia 7 de junho, a terceira ação do ciclo de conferências “Quid Juris, Tâmega e Sousa?”, que se realizou no Auditório Municipal de Lousada. Desta vez, o tema em destaque foi contração pública, numa altura em que se cumpriu um ano e meio desde a entrada em vigor da revisão ao Código dos Contratos Públicos (CCP).

A sessão teve como oradores especialistas em contratação pública de diversas áreas, que discutiram as alterações mais relevantes ao CCP, em particular a obrigatoriedade de fundamentação de decisões como o preço base, o preço anormalmente baixo ou a não divisão em lotes e a nova figura do gestor do contrato.

O evento, que é organizado pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa em parceria com outras entidades, registou uma forte adesão, tendo a plateia sido composta por mais de uma centena e meia de participantes.

A quarta e última conferência do ciclo “Quid Juris, Tâmega e Sousa?” regressa no mês de outubro, com a sessão “Energia Elétrica em Baixa Tensão – O Papel dos Municípios”.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.