Festival da Cereja de Resende permitiu escoar cerca de 80 toneladas do fruto

Festival da Cereja de Resende permitiu escoar cerca de 80 toneladas do fruto

O Festival da Cereja de Resende, que aconteceu no primeiro fim de semana de junho foi “um sucesso”, segundo descreveu o presidente da câmara, Garcez Trindade. Com 130 produtores, não faltaram cerejas à venda neste município, assim como pessoas à procura deste fruto típico do concelho.

Este ano, foram cerca de 80 toneladas de cereja vendida, um número significativo mas que, num ano abundante do fruto, nem o festival fez com que os produtores tivessem escoado o produto.

Este ano, os “visitantes foram até Resende nos dois dias de festival”, tendo o sol ajudado a levar cerca de 10 mil pessoas até ao recinto da festa, tal como revelou o presidente da câmara. “O número de visitantes tem sido crescente ao longo do ano, mas normalmente vinham mais ao domingo e, este ano, vieram em ambos os dias”, acrescentou o autarca.

O culminar do evento deu-se novamente com o cortejo etnográfico em que a cereja foi rainha. “As juntas de freguesia fizeram cerejas com dois metros, que foram uma grande atração no cortejo que remeteu às tradições da produção do fruto”.

A venda das cavacas “também correu bem”, assim como o artesanato, vinhos e licores, e demais produtos do concelho. Para o ano a tendência é melhorar, garantiu o autarca, embora se tenha mostrado satisfeito com o resultado desta 18.º edição do Festival da Cereja.

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta