Programa “REPARA” foi apresentado na Feira Social de Castelo de Paiva

Programa “REPARA” foi apresentado na Feira Social de Castelo de Paiva

O programa “REPARA”, integrada no projeto “Sol”, foi oficialmente apresentada na abertura da XIII Feira Social de Castelo de Paiva, que decorreu no passado fim de semana.

De acordo com o município de Castelo de Paiva, este programa pretende estabelecer um “melhor apoio aos idosos isolados e/ou sinalizados no projeto que residam no concelho e que, por falta de meios económicos, ou pela sua condição física, se encontrem impedidos ou tenham dificuldade de contratar determinados públicos ou privados”.

Este é um serviço de âmbito municipal que abrange todo o território, e tem como objetivo desenvolver ações diversas, como trabalhos de eletricista, canalizador, carpintaria, serralheiro, sendo que, nestas intervenções, os materiais a utilizar são sempre do encargo dos beneficiários.

Importa referir que os serviços prestados no âmbito deste programa são gratuitos, onde são realizadas trefas básicas do dia-a-dia dos idosos e necessárias para assegurar o limiar mínimo de qualidade de vida.

O vereador da Ação Social da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, José Manuel Carvalho, enalteceu a “importância deste projeto para a comunidade local”. Para o autarca estas intervenções ao domicilio, “podem ser coisas simples, mas são atitudes e gestos que fazem toda a diferença, nomeadamente para quem, com idade avançada, vive só e tantas vezes em locais mais isolados, sem acompanhamento familiar e sem qualquer apoio”.

Na mesma ocasião foi anunciado o Balcão da Inclusão, uma iniciativa que aponta como missão a informação e mediação especializada e acessível às pessoas com deficiência e/ou incapacidade, suas famílias, organizações e outros que, direta ou indiretamente intervêm na área deficiência.

De acordo com a autarquia esta ação, tem como objetivo principal “o atendimento especializado e personalizado de pessoas com necessidades especiais e/ou suas famílias, disponibilizando informações sobre direitos, benefícios e recursos existentes na área da deficiência e reabilitação”.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.