Olimpíadas do Desporto do Tâmega e Sousa dividem-se por Felgueiras, Celorico de Basto e Lousada

Olimpíadas do Desporto do Tâmega e Sousa dividem-se por Felgueiras, Celorico de Basto e Lousada

A edição 2019 das Olimpíadas do Desporto do Tâmega e Sousa decorre durante este mês e, este ano, são três os concelhos da região que a vão receber: Felgueiras, Celorico de Basto e Lousada.

Levada a cabo pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) em articulação com aqueles municípios, o evento terá lugar durante três sábados: a 8, 15 e 22 de junho. Nesses dias, são várias as modalidades em disputa por atletas masculino e feminino: andebol, atletismo, basquetebol, futebol de 7, futsal, gira-vólei, natação, polo aquático, ténis e ténis de mesa.

O Pavilhão da Escola Secundária de Felgueiras é o palco escolhido para a cerimónia de abertura da primeira etapa destas Olimpíadas, inauguração que acontece pelas 9h15 do dia 8. Seguem-se Celorico de Basto (dia 15) e Lousada (dia 22).

A iniciativa destina-se a atletas de 13 e 14 anos, aos quais se vão juntar treinadores, dirigentes e organização, num total de 1500 participantes. Segundo a CIM do Tâmega e Sousa, o objetivo do evento passa pela “promoção da prática de atividade física e do intercâmbio desportivo, bem como o convívio entre a comunidade desportiva juvenil na região”.

Nas Olimpíadas, estarão também presentes elementos do PRODUZ BOOTCAMP – Programa intensivo de capacitação para a criação e organização de eventos. Este programa conta com a participação de cerca de 30 jovens do Tâmega e Sousa que se encontram fora do mercado de trabalho e de instituições de ensino.

A ideia deste plano é, segundo a CIM do Tâmega e Sousa, dotar os participantes de “conhecimentos e competências para a criação e organização de eventos, capazes de funcionarem como alavanca diferenciadora nesta área de atuação, mas também de competências transversais que potenciem a sua absorção pelo mercado de trabalho, no caso dos licenciados/mestres, ou o seu ingresso no ensino superior, no caso daqueles que concluíram o ensino secundário”.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta