Declarada prisão preventiva para duplo homicida de Amarante

Declarada prisão preventiva para duplo homicida de Amarante

Foi ouvido esta tarde de quinta-feira, dia 6 de junho, o alegado duplo homicida, Joaquim Almeida. Depois de duas horas de interrogatório no Tribunal de Marco de Canaveses, o homem ficou em prisão preventiva. 

O detido está acusado de homicídio qualificado, pois terá  sido o responsável pelo homicídio de duas pessoas em Amarante, no passado dia 28 de maio.

O homem estava a monte há oito dias e foi detido na quarta-feira, dia 5 de junho, em Varziela, em Felgueiras. Estaria na casa de um tio nesta localidade quando, ao tentar sair de casa, foi apanhado pela Polícia Judiciária. As autoridades avançam que Joaquim Almeida estaria a planear fugir do país, nomeadamente através das fronteiras de Vilar Formoso e Bragança.

Recorde-se que, na ocasião, na via pública, após ter efetuado ação de vigilância a espaço frequentado pelas vítimas, o arguido, munido de uma espingarda caçadeira, efetuou dois disparos que vitimaram a ex-mulher e o atual companheiro desta, junto à pastelaria Delícias da Avó, em S.Gens, no concelho de Amarante.

Fotografia: CM TV

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.