Dolmen levou até Belém os sabores e saberes do Douro Verde

Dolmen levou até Belém os sabores e saberes do Douro Verde

A Dolmen – Desenvolvimento Local e Regional, CRL, representou a região do Douro Verde no XIV Festival Internacional da Máscara Ibérica, no Jardim da Praça do Império em Belém, Lisboa, entre os dias 16 e 19 de maio.

Os saberes e os sabores da região estiveram disponíveis aos visitantes, onde não faltaram os interessados em conhecer melhor o artesanato, a doçaria e o “sempre procurado vinho verde”. Produtos que mostraram fazer “sucesso” neste festival, garantiu Raquel Evangelina, técnica de desenvolvimento local.

Esta foi também uma oportunidade para que as pessoas naturais de municípios da região Douro Verde (Amarante, Marco de Canaveses, Baião, Penafiel, Resende, Cinfães) que estão a viver em Lisboa pudessem contactar com os produtos das suas terras natal.

“Os turistas para além de ficarem rendidos aos sabores dos doces, à doçura das cerejas, à qualidade do vinho e à peculiaridade do artesanato ficaram também deslumbrados com as paisagens naturais e milenares do Douro Verde e tentados a aceitar o convite à visita”, explicou a entidade organizadora.

O XIV Festival Internacional da Máscara Ibérica foi um evento que contou com animação musical, exposições, ateliers, workshops, danças tradicionais e culminou com o tradicional desfile de máscaras e caretos, onde estiveram presentes, para além dos portugueses, representantes oriundos de Espanha, Colômbia, Hungria e Sardenha.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.