Saúde mental foi alvo de discussão em Castelo de Paiva

Saúde mental foi alvo de discussão em Castelo de Paiva

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Castelo de Paiva foi o palco escolhido para a realização da palestra “Saúde Mental – Um desafio Atual”, que teve lugar na passada quarta-feira, dia 15 de maio.

A sessão, na qual esteve presente o presidente da autarquia, Gonçalo Rocha, teve como oradores vários profissionais do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa: a psiquiatra Joana Pinheiro, que falou de “Suicídio: prevenção e factores de risco”; os pedopsiquiatra Mara Pinto e João Quarenta, que abordaram a temática dos comportamentos autolesivos em adolescentes; e o psiquiatra Orlando Von Doellinger, que se pronunciou sobre “A lei de saúde mental e o internamento compulsivo”.

Entre o painel de convidados da iniciativa encontrava-se também Elsa Farinhas, juíza de Direito do Tribunal Judicial da Comarca de Castelo de Paiva, que demonstrou alguns casos de cidadãos com perturbações mentais que recorrem à entidade onde exerce a sua profissão como último recurso: “quando todas as outras instituições falham, é à minha porta que as pessoas vêm parar, mesmo sabendo-se que não temos qualquer formação em psicologia ou psiquiatria, pelo que se torna difícil e complicado lidar com certos arguidos”.

Na qualidade de anfitrião, Gonçalo Rocha também discursou no decorrer do evento, tendo sublinhado a importância de se discutir a problemática da saúde mental de modo a quebrar alguns dos tabus associados a doenças desta área.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.