Felgueiras tem workshop de olaria para recuperar tradição passada

Felgueiras tem workshop de olaria para recuperar tradição passada

A Villa Romana de Sendim, em Felgueiras, está a promover três dias e workshops para os que não temem a colocação das mãos no barro e pretendem aprender técnicas de olaria.

No dia 4 de maio decorreu a primeira sessão, onde, durante três horas, os participantes aprenderam a modelação manual de cerâmica, orientada por Raul Costa, técnico de arqueologia desde 2001.

No próximo dia 11, sábado, pelas 14 horas, dá-se o segundo módulo do workshop, subordinado ao tema “Modelação de Cerâmica em Roda Baixa” e será orientada por César Teixeira, que é o único oleiro em atividade, e é natural de Gondar, no concelho de Amarante.

Apesar de não se dedicar à olaria a tempo inteiro, tem procurado, através de vários workshops de roda baixa e cozedura em soenga, manter a tradição da sua terra viva. Foi em 1987 que César Teixeira foi aprender as técnicas da olaria com o mestre Manuel Teixeira.

A última sessão acontece a 18 de maio, com duração de cinco horas, subordinada ao tema “Cozedura do barro em soenga”, que também terá César Teixeira como responsável pelos ensinamentos.

Os materiais cerâmicos constituem assim um dos principais objetos de estudo dos arqueólogos e ceramólogos, para definir as tecnologias de fabrico na olaria em cada período cronológico.

A intenção é retomar a prática que permitiu, com vários estudos arqueológicos, conhecer a história e cultura dos povos.

banner-felgueiras-600x229

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.