Trabalhadores da Conservatória do Registo Civil de Paredes cumprem greve esta semana

Trabalhadores da Conservatória do Registo Civil de Paredes cumprem greve esta semana

Na próxima semana, os trabalhadores da Conservatória do Registo Civil de Paredes vão efetuar uma greve de dois dias, que irá ocorrer na segunda-feira, dia 22 de abril, e sexta-feira, dia 26.

Segundo o comunicado divulgado pelos funcionários, a paralisação tem como objetivo “forçar a tutela para a resolução dos problemas” que aquela conservatória tem enfrentado, situação que, recorde-se, motivou a realização de uma vigília de protesto por parte dos trabalhadores em março.

O comunicado acrescenta ainda que tanto o Ministério da Justiça (MJ) como o Instituto dos Registos e Notariado (IRN) continuam sem dar resolução a todos os problemas evidenciados e reportados pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Registos e Notariado (STRN) à presidente do Conselho Directivo do IRN”.

Entre outras reivindicações, como as alegadas “falhas graves” na segurança dos trabalhadores, a greve tem como principal motivação denunciar a avaria da plataforma de cadeira de rodas de acesso à conservatória, que se encontra inativa há mais de 5 meses. Esta situação, garantem os trabalhadores, impossibilita os cidadãos de mobilidade reduzida, assim como os pais que transportam os seus filhos menores em carrinho de bebé, de se dirigirem à conservatória em condições dignas”.

O comunicado acusa ainda a Ministra da Justiça, Francisca Van Dunem e a presidente do IRN, Filomena Rosa, de não reconhecerem “a dignidade das pessoas com mobilidade reduzida, fazendo letra morta a todo o regime jurídico da mobilidade, estatuído no Dec.-Lei n.º 163/2006, de 08 de agosto”.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.