Presidente da CIM Tâmega e Sousa pediu reunião com ministro sobre IC35

Presidente da CIM Tâmega e Sousa pediu reunião com ministro sobre IC35

O Presidente da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM-TS), Armando Mourisco, pediu uma reunião com o novo ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, a fim de dialogarem sobre o IC35.

O presidente da câmara municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, manifestou o seu especial agrado com a atitude da CIM, tendo em conta que se trata “de uma batalha constante”. 

“Os interesses ou o desinteresse partidário não pode estar acima da realidade, da vontade e das expectativas das pessoas, pelo que é de louvar a CIM ter conseguido esta aproximação ao novo ministro”, disse Antonino de Sousa.

Referiu ainda que ação popular de fevereiro, em que foram colocadas cruzes ao longo da Estrada Nacional 106, manifesta a vontade da população em ver a obra implementada, e frisou que os números de mortos nesta estrada revelam a sua necessidade.

“A manifestação popular recente em Penafiel, que culminou com a colocação de cruzes na estrada 106, para recordar as centenas de vítimas, e a urgência do IC-35, mostra que a população está cansada de tanta promessa, que tende a subir em período eleitoral”, frisou o autarca.

Recorde-se que  o IC 35, que serviria de alternativa à EN 106 entre Penafiel e Entre-Os-Rios, é um troço de apenas 12 km por onde passam mais de 15.000 veículos/dia, dos quais uma grande parte são camiões que transportam pedra para exportação, chegando a criar intensas filas de trânsito e uma sinistralidade sem precedentes.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.