Baião: Paulo Pereira aguarda “serenamente” posição da Comissão Nacional de Eleições

Baião: Paulo Pereira aguarda “serenamente” posição da Comissão Nacional de Eleições

O presidente da câmara municipal de Baião, Paulo Pereira, foi notificado pela Comissão Nacional de Eleições – CNE – no passado dia 3 de abril após denúncia sobre uma republicação na página oficial do município sobre obras em curso numa das freguesias do concelho. Facto que alegadamente está contra a lei que regula a campanha eleitoral das europeias, que tem gerado desagrado entre os autarcas.

A CNE notificou o presidente da câmara dando-lhe um prazo de 36 horas para se pronunciar, no entanto, Paulo Pereira usou da palavra poucas horas depois do limite imposto via email justificando o atraso e a republicação feita pelos serviços de comunicação interna.

Segundo a denúncia, o município de Baião estaria a fazer publicidade institucional e comercial o que vai contra a norma n.º 4 do art.º 10.º da Lei n.º 72-A/2015. Paulo Pereira justifica-se perante a acusação dizendo que, “quanto à publicação que referem, inscreve-se na política corrente de comunicação da nossa autarquia – neste caso através do canal “Facebook” – com o intuito de informar a nossa população, através de conteúdos próprios ou republicação de terceiros. Tal como sempre fizemos”.

O presidente do município mostrou-se disponível para outros esclarecimentos, estando agora a “aguardar serenamente pela posição da CNE”, garantiu ao Jornal A VERDADE.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL
banner-felgueiras-600x229

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.