Castelo de Paiva apela à solidariedade da população para ajudar Moçambique

Castelo de Paiva apela à solidariedade da população para ajudar Moçambique

Fotografia: Revista VIP

Castelo de Paiva criou uma onda de solidariedade subordinada ao lema “Moçambique precisa de todos nós”, de modo a angariarem bens para Moçambique, mais concretamente para a província da Beira.

A Rede Social da Câmara Municipal está a apelar à população que colaborem com esta iniciativa. De 1 a 18 de abril, há vários pontos de recolha no concelho, sendo eles a Câmara Municipal de Castelo de Paiva, a Loja Interativa de Turismo, o Espaço do Cidadão de Oliveira do Arda,  e os dois Agrupamentos de Escolas do concelho.

A maior necessidade do povo moçambicano após o rasto de destruição deixado pelo ciclone relaciona-se com produtos alimentares e de higiene.

Recorde-se que, a passagem do Ciclone Idai em Moçambique, no Zimbabué e no Maláui fez pelo menos 786 mortos e afetou 2,9 milhões de pessoas nos três países, segundo dados das agências das Nações Unidas. Moçambique foi o país mais afetado, com 468 mortos e 1.522 feridos já contabilizados pelas autoridades.

Entre os danos materiais, as autoridades moçambicanas registam mais de 90 mil habitações atingidas, das quais 50.619 ficaram totalmente destruídas, 24.556 parcialmente destruídas e 15.784 inundadas, sendo que, foram ainda danificadas ou destruídas 3.202 salas de aulas, afetando 90.756 alunos, bem como 52 unidades de saúde e quase 500 mil hectares de terras ficaram inundadas.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta