Cinfães e Resende acreditam nas potencialidades dos novos percursos pedestres e de BTT

Cinfães e Resende acreditam nas potencialidades dos novos percursos pedestres e de BTT

Os municípios de Cinfães e Resende uniram-se para criarem, em parceria com a Dolmen, uma nova atratividade na Serra de Montemuro. No passado sábado, dia 23 de março, foram inaugurados os percursos pedestres e de BTT que vão passar nas principais aldeias do Montemuro.

Este é um projeto articulado entre os dois municípios vizinhos que visa dotar de capacidades potenciadoras de turismo de naturza para atrair mais pessoas às aldeias situadas na Serra de Montemuro, como é o caso da Gralheira.

Os percursos de BTT e pedestres agora inaugurados vão dar a oportunidade a estes territórios do Montemuro, sede da Rede Natura 2000, de “captar mais pessoas até estes locais, contribuindo para o desenvolvimento da economia local”, tal como salientou Garcez Trindade ao Jornal A VERDADE.

Estão também localizados, entre Cinfães e Resende, vários centros de BTT. A Escola Primária da Gralheira deu lugar ao Centro de BTT Aventura, após ser recuperada. Este centro de BTT reúne “as condições necessárias” à prática desta modalidade. É composto por balneários, cozinha para que os participantes possam “ser bem recebidos”, e ainda uma sala equipada com sofás, numa zona direcionada para o descanso e lazer, explicou Armando Mourisco, presidente da câmara de Cinfães.

“Com isto cresce mais economia, é mais gente que visita o nosso concelho, são mais postos de trabalho que e criam, é divulgar os produtos endógenos”, acrescentou.

Nesta inauguração, foi possível observar os trilhos já marcados. Armando Mourisco explicou que há vários trilhos, entre eles em Ramires e Vale de Papas, assim como o caminho do Castelo, que nasce na freguesia de Nespereira, em Cinfães.

Mas além dos vários percursos há ainda várias intensidades. Há percursos com várias distâncias possíveis, sendo que o mais curto 9,7 quilómetros, e com uma duração prevista de uma hora e meia.  A contrastar, para os mais bem preparados, há um percurso de 54,5 quilómetros com previsão de duração de cinco horas.

Além do Centro de BTT Aventura, também foram criadas outras portas secundárias que servem quem percorrer estes percursos, a pé ou de bicicleta. A porta secundária do Centro BTT do Montemuro fica localizada em Feirão, no concelho de Resende. Já em Felgueiras, freguesia do mesmo concelho, há o Centro de Apoio ao Turismo Ativo no Montemuro.

Estas infraestruturas foram também inauguradas no passado sábado, tendo culminado com uma merenda regional que brindou os participantes.  “Estas são redes de percursos que vão ser ligados a outros já existentes. Há também outros que ainda estão a ser idealizados e que vão dotar o concelho de Resende e de Cinfães de percursos por todo o lado e estendê-los aos rios”, salientou o presidente da câmara de Resende.

Fotografia: Dolmen

Assim, estão criadas as condições para que os turistas possam fazer este turismo de montanha. A intenção de ambos os municípios, assim como da Dolmen, é que as pessoas que habitam na Serra de Montemuro percebam a potencialidade do local que escolheram para viverem.

“Se não apoiarmos estes locais, daqui a pouco não há gente. E estas pessoas são corajosas, vivem longe das vilas, por vezes sob condições atmosféricas adversas”, explicou Garcez Trindade.

A corroborar com esta opinião esteve Armando Mourisco que frisou o facto de que este projeto foi feito em articulação com empresas e as pessoas locais. A recuperação da Escola Primária da Gralheira é um desses casos, visto que a intervenção foi levada a cabo por uma empresa local.

“A Câmara Municipal vê a potencialidade da Serra de Montemuro e da Gralheira, mas se não fosse o empreendedorismo deste povo e desta gente não seria possível, estão sempre disponíveis para mostrar o que de melhor aqui se faz”, frisou Armando Mourisco.

Esta candidatura conjunta dos Municípios de Cinfães, Resende e Dolmen tem um investimento total elegível €349.528,41 e foi aprovada com um apoio de FEDER no valor de €297.099,15.

Fotografia: Dolmen

Fotografia: Dolmen

Fotografia: Dolmen

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.