Bruno Rocha (PSD) apela ao município de Cinfães que intervenha na área da educação

Bruno Rocha (PSD) apela ao município de Cinfães que intervenha na área da educação

Na última reunião de câmara de Cinfães, realizada no passado dia 7 de março, Bruno Rocha, vereador eleito pela Coligação Viva Cinfães, apelou ao atual executivo, liderado por Armando Mourisco (PS), por uma maior aposta na área da educação.

O pedido adveio dos dados divulgados sobre a realidade educacional do concelho de Cinfães. Segundo Bruno Rocha, o acesso aos últimos dados revelam que há um “um elevado número de famílias desestruturaras em Cinfães, bem como um elevado número de alunos a receber subsídio escolar”.

Perante os números, o deputado afirma que são o reflexo “do estado do concelho”. Considera que há uma desmotivação dos alunos e que isso se tem refletido “nos maus resultados escolares”. Sobre essa realidade, salientou o facto de que nas provas nacionais, os alunos do 2.º e 3.º ciclo ficam “aquém do desejado”.

“No segundo ciclo e quando analisamos o numero de alunos que obtêm nota positiva nas provas nacionais do 9.º ano, após o percurso sem retenções no 7.º e 8.º ano, verificamos que a média de alunos a nível nacional se fixa nos 48% enquanto em Cinfães é apenas de 27%”, constatou.

Já sobre o ensino secundário, em termos nacionais, há 29% dos alunos que obtêm nota positiva nos exames nacionais de 12.º ano, após um percurso sem retenções no 10.º e 11.º ano, “mas em Cinfães essa percentagem é apenas de 18%”.

No 1.º e 2.º ciclo, Bruno Rocha alerta para o facto de haver baixo número de alunos inscritos visto que espelham “a ideia da desertificação que afeta o concelho”.

Perante estes números, o vereador da oposição frisou o facto de a Escola Secundária de Cinfães ter ficado em 507.º lugar em 624 escolas, com uma média de 9,23.

Neste sentido, Bruno Rocha aconselhou que fosse feita uma maior aposta na formação jovem de Cinfães. Para tal, defende a melhoria das condições físicas das escolas do concelho, com ênfase especial nos recursos informáticos e acesso à Internet; a articulação entre escolas do concelho para diversificar e melhorar ofertas formativas; promover a participação das famílias no processo de aprendizagem; potencializar as atividades de enriquecimento curricular, bem como valorizar o   junto dos alunos os percursos escolares como instrumento diferenciador numa sociedade cada vez mais formada e competitiva.

Além disso, considera que é essencial criar um clima de exigência e promoção do mérito e ainda implementar projetos inovadores e diferenciadores no sentido de potencializar o sucesso no processo ensino aprendizagem e da
valorização humana dos jovens cinfanenses.

banner-felgueiras-600x229

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.