Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa assinala amanhã Dia Nacional do AVC

Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa assinala amanhã Dia Nacional do AVC

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) vai assinalar amanhã, dia 21 de março, o Dia Nacional do Doente com Acidente Vascular Cerebral (AVC). Embora se assinale oficialmente o dia a 31 de março, este centro hospitalar vai antecipar com a realização das jornadas dedicadas ao AVC, pela equipa desta unidade.

O início está agendado para as 9 horas onde os profissionais de saúde vão receber palestras onde serão abordados temas como “Diagnósticos diferenciais: mimetizadores e camaleões”, “O impacto na capacidade funcional – o papel do enfermeiro de reabilitação”, “Consulta de doenças cerebrovasculares”, “Ultrapassar barreiras em direção à adaptação na comunidade”, entre outros.

Neste dia dedicado ao AVC, problema que afeta 25 mil pessoas por ano em Portugal, vai servir de mote ao assinalar dos 10 anos da Unidade de AVC do CHTS. No final das jornadas, pelas 16h30, vai haver um espaço dedicado aos testemunhos de quem sofreu de um AVC.

Os elevados números de Acidentes Vasculares Cerebrais levou à necessidade de criação de equipas dedicadas a esta patologia, e o CHTS é um dos centros hospitalares onde isso acontece. Em 2009 deu-se a criação da Unidade de AVC do Serviço de Medicina Interna, após a implementação da Via Verde do AVC no Hospital Padre Américo.

Recorde-se que, só em 2018, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) registou 2.761 casos de AVC encaminhados para a Via Verde do AVC, uma média de nove casos por dia. Os distritos de Porto e Lisboa registaram o maior número destes encaminhamentos, com 585 e 548 casos, respetivamente.

Dados INEM revelam que CHTS é o quinto centro hospitalar com mais casos encaminhados de AVC

Em 2018, até final de outubro, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM)registou 2.761 casos de AVC encaminhados para a Via Verde do AVC, uma média de 9 casos por dia. Os distritos de Porto e Lisboa registaram o maior número destes encaminhamentos, com 585 e 548 casos, respetivamente.

O CHTS é o quinto centro hospital que recebeu maior número de casos encaminhados pela Via Verde do AVC, segundo dados divulgados pelo INEM, relativos a 2018.

Os centros hospitalares que receberam maior número de casos encaminhados foram o Centro Hospitalar Lisboa Central – Hospital de São José (230) e o Centro Hospitalar Lisboa Norte – Hospital de Santa Maria (223) em Lisboa, Centro Hospitalar Universitário de S. João, EPE – Hospital de São João (218) no Porto, Hospital de Braga (215), e o Centro Hospitalar Tâmega e Sousa – Hospital Padre Américo em Penafiel (143).

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.