Publicidade

banner-baiao-festas-700x259

Região do Tâmega e Sousa promoveu região no Fórum Gastronómico da Corunha

Região do Tâmega e Sousa promoveu região no Fórum Gastronómico da Corunha

A gastronomia e o vinho verde da região do Tâmega e Sousa estiveram em destaque no “Fórum Gastronómico” que decorreu desde domingo até esta terça-feira, 12 de março, na cidade da Corunha, em Espanha.

A presença no evento aconteceu através do consórcio ‘Tâmega e Sousa Internacionaliza’, que agrega várias entidades da região: Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, pelo Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa, pela Ader-Sousa – Associação de Desenvolvimento Rural das Terras do Sousa, pela Dolmen – Desenvolvimento Local e Regional e pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico do Porto.

Para além da exposição de produtos locais de referência, o evento contou com sessões de showcooking por dois chefs da região do Tâmega e Sousa, António Queiroz Pinto, do Restaurante de Tormes, localizado na Fundação Eça de Queiroz, em Baião; e Joaquim Gomes, chef do Aidé Restaurante, em Paços de Ferreira. Este último, em declarações ao Jornal A VERDADE, realçou a importância de “levar além-fronteiras toda a gastronomia que identifica a região desde os tempos dos descobrimentos”. Joaquim Gomes acredita que o seu prato que apresentou – “os rojões” – são “uma porta de entrada para o reconhecimento da cozinha da região”.

Joaquim Gomes, do Restaurante Aidé, em Paços de Ferreira.

Os vinhos verdes estiveram representados por três produtores, Carlos Gabriel Fernandes serviu o Chapeleiro, André Amaral apresentou os vinhos S. Caetano e a David Vinhos apresentou o Foral de Felgueiras.

Em conversa com o Jornal A VERDADE, Carlos Gabriel Fernandes, produtor do vinho Chapeleiro, de Marco de Canaveses, explicou que “nunca é demais mostrar as potencialidades da região”, destacando o número de pessoas que visitam a feira. O produtor salientou que “esta é uma boa oportunidade de mostrar que o vinho verde de hoje não é o mesmo de outrora”, realçando também a importância de eventos como estes para fomentar a exportação.

Carlos Gabriel Fernandes, produtor do vinho Chapeleiro, em Marco de Canaveses.

 

Tornar o território mais internacional

Telmo Pinto, secretário-geral da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Tâmega e Sousa, acompanhou a feira no dia de abertura e destacou a importância da participação região. “É na participação em eventos como estes que tornámos mais internacional o nosso território”. O responsável da CIM indica que vê a Galiza como “um ponto estratégico” para o crescimento do Tâmega e Sousa, pois “é um território que está nas proximidades e comunga os valores e muito do nosso património“.

Telmo PInto, Secretário-Geral da CIM Tâmega e Sousa

A participação no Fórum Gastronómico na Corunha é, assim, um “cartão-de-visita para a região”, sendo uma oportunidade para se mostrar “o que de melhor se faz no Tâmega e Sousa”, concluiu Telmo Pinto.

O Fórum Gastronómico a Coruña foi criado em 1999 e desde então tornou-se no ponto de encontro para profissionais da gastronomia e empresas dos setores agroalimentar.

A par de três visitas de benchmarking às regiões de Le Marche (Itália), Małopolska (Polónia) e a La Rioja (Espanha), o projeto conta no seu histórico de representações com as seguintes participações: Fête des Vendanges de Montmartre (Paris, 2017 e 2018) e Marché Portugais à Cenon 2018 (Bordéus), em França; Gastrónoma (Valência, 2018), no Festival Arcu Atlánticu (Gijón, 2016, 2017 e 2018), no Fórum Gastronómico de Girona (2017) e na FIDMA –Feria Internacional de Muestras de Asturias (2017), em Espanha.

Quanto a organizações de certames, o território já dinamizou mostras promocionais no Consulado Geral de Portugal em Paris (2017), na Embaixada de Londres no Reino Unido (2018) e na Embaixada de Portugal no Luxemburgo (2018), assim como organizou a II Feira Internacional de Gastronomia e Vinhos do Tâmega e Sousa (2016), também no Luxemburgo.

As iniciativas do consórcio são cofinanciadas pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

 

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta