Modernização do troço entre Caíde e Marco de Canaveses com a duração de mais um mês

Modernização do troço entre Caíde e Marco de Canaveses com a duração de mais um mês

A Infraestruturas de Portugal divulgou que o encerramento do troço da Linha do Douro, entre Caíde e Marco de Canaveses, prolongar-se-á durante mais um mês.

Em comunicado, a IP explica que este adiamento na retoma da circulação deve-se “às dificuldades técnicas derivadas das condições geotécnicas existentes, nomeadamente no interior do Túnel de Caíde”, condições essas que fizeram com que o “ritmo de execução dos trabalhos inicialmente previsto fosse prejudicado”.

De acordo com o mesmo comunicado, esta situação “apenas foi susceptível de identificar com o desenvolvimento das obras”, tendo já sido informados os operadores ferroviários, as autarquias e as associações de utentes e empresariais da região.

É ainda revelado que, quando acontecer a reabertura da circulação, serão feitos testes à eletrificação durante cerca de um mês.

Recorde-se que o encerramento do troço aconteceu a 26 de novembro e permitiu o encurtamento do período da obra e reduzir os custos em cerca de 40%. Com este alargamento no período de encerramento as obras terão a duração de quatro meses. As obras, com o valor de cerca de 10 milhões de euros, permitirão a circulação de comboios suburbanos até à estação de Marco de Canaveses.

Durante estas intervenções, os utentes estão a ser transportados, de Marco de Canaveses até Caíde, de autocarro.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.