Baião: Filipe Mota encontra doador compatível e vê esperança florescer

Baião: Filipe Mota encontra doador compatível e vê esperança florescer

A manhã foi de boas notícias para a família de Filipe Mota, habitante de Baião, que desde novembro de 2018 que está à procura de um dador de medula compatível, que agora apareceu.

A esperança de que este seja o passo para uma vida mais tranquila e com maior longevidade apareceu com esta notícia. A família de Filipe Mota fez esta manhã um agradecimento público a todos os que apoiaram e não desistiram da luta de encontrar um dador que salvasse a vida deste homem de 36 anos.

“Agradeço a cada um de vós em nome do Filipe e da nossa família todas as palavras de carinho, e de apoio que nos tem dado”, pode ler-se na página de Facebook destinada a apelar por ajudas ao Filipe.

A família espera agora que tudo corra pelo melhor nos meses que se avizinham e que “a pessoas [dador] não desista” de concretizar a doação que poderá salvar Filipe Mota. “Não vai desistir, tenho a certeza”, referem na mesma publicação.

A notícia de que sofre de uma aplasia medular, doença cuja cura requer um transplante de medula óssea através de um dador compatível, foi dada a 18 de abril de 2018. Desde então, os dias passaram a ter outra cor. Todas as semanas Filipe Mota necessita de fazer transfusão de sangue e plaquetas, para além das medicação específica diária.

 

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.