Petição em Resende “exige” ligação da Ponte da Ermida à A4 ou A24

Petição em Resende “exige” ligação da Ponte da Ermida à A4 ou A24

Está a ser organizada uma petição pela Associação Empresarial de Resende, em conjunto com a população da região, a solicitar a construção da ligação de acesso da Ponte da Ermida a uma das autoestradas: A4 ou A24.

A Ponte da Ermida liga Resende a Baião e foi inaugurada em 1998 pelo então presidente da República Jorge Sampaio. Desde daí várias foram os prazos definidos para a ligação de Baião à referida ponte sobre o Douro, e consequentemente de Resende à autoestrada A4. Em 2008 chegou mesmo a ser adjudicada para construção, no entanto devido à crise que assolou o país foi parada e até hoje não viu “luz verde”.

De acordo com a petição tornada pública, Resende é o concelho da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, “que mais população tem perdido nos últimos cinco anos”, recordando ainda que tem “os rácios económicos mais nefastos dessa mesma comunidade, a pior taxa de criação de empresas da região, um dos piores índices de poder de compra per capita, dificuldades em fazer entrar e sair produtos e custos adicionais na produção e na distribuição de bens e serviços”.

Os responsáveis pela petição avançam ainda que não existem “acessos rápidos/ diretos a Viseu nem à região do Tâmega e Sousa”, local onde se localiza o Hospital Padre Américo, que é o centro hospitalar de referência da população de Resende.

É solicitado “tratamento igual”, exigindo “uma ligação rodoviária rápida que ligue a Ponte de Ermida a uma das autoestradas”.

“A falta de boas acessibilidades e vias de comunicação que sirvam o concelho e o liguem a centros urbanos de maior desenvolvimento é sem dúvida um dos maiores handicaps existentes”, foi divulgado na petição.

Segundo os responsáveis, a criação de uma via de acesso mais rápida, permitirá “a criação e/ou instalação de empresas, apoiando as que já cá estão instaladas e ajudando também à fixação das populações, contribuindo assim para o desenvolvimento socioeconómico de Resende e da região”.

Importa ainda referir que a obra reclamada desde 1985 com ligação de Baião à Ponte da Ermida e depois a ligação daí a Bigorne não está contemplada no Plano Nacional de Investimentos para a década 2020/2030.

Publicidade

banner-lousada-700x262

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta