Marco de Canaveses: Fausto Mota termina Rali Dakar no Top 30

Marco de Canaveses: Fausto Mota termina Rali Dakar no Top 30

O piloto de Marco de Canaveses, Fausto Mota, terminou hoje a sua participação na 41ª edição do Rali Dakar, fixando-se no Top 30 da classificação geral entre motas.

O marcoense, que foi o único português a completar a prova em 2018, supera, desta forma, os resultados alcançados por si nas três participações anteriores. Aos comandos de uma Husqvarna Rally 450, o piloto do Tesla Tamega-Rally, foi subindo na classificação geral ao longo das dez etapas que constituem a prova, terminando na 29ª posição.

De acordo com Fausto Mota, as suas expectativas para esta edição foram concretizadas com sucesso. “Consegui ficar nos trinta primeiros e assim o objetivo foi cumprido. Estou muito contente”,, sublinhou.

Fausto Mota aproveitou também para fazer um balanço da corrida. “Foram dez dias da mais pura competição. Cinco mil quilómetros maioritariamente cumpridos nas exigentes dunas do Peru e mais de 45 horas em cima da mota. Foi um Dakar duro, ao qual já estamos habituados, mas correu tudo muito bem. Tive um problema mecânico e uma queda que nos condicionaram um pouco, mas fiz a minha melhor exibição no Rali Dakar até ao momento e só poderia estar feliz com esse resultado”, destacou.

O piloto do Marco de Canaveses que se estreou no Rali Dakar há oito anos, em 2011, onde conquistou a 54º posição tem vindo sempre a melhorar a sua performance aos longo das várias edições, sendo esta a sua terceira participação consecutiva. Em 2017, terminou a prova rainha do todo-o-terreno no 49º lugar e em 2018 ocupou a 43ª posição. Este ano superou a sua última classificação em 14 posições.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.