PSD Marco de Canaveses acusa Cristina Vieira de autopromoção com revista municipal

PSD Marco de Canaveses acusa Cristina Vieira de autopromoção com revista municipal

O PSD Marco de Canaveses acusou Cristina Vieira, presidente do município de Marco de Canaveses, de usar “dinheiro dos contribuintes para fazer propaganda e para sua autopromoção”, avançam em comunicado enviado às redações.

Em causa está a revista municipal que foi distribuída no mês de dezembro por todos os munícipes e que o PSD Marco lamenta o gasto de 22.950 euros, numa publicação que terá uma periocidade quadrimestral e que, segundo as contas da acusação, elevará a despesa no mandato para 210 mil euros.

De acordo com a comissão política de secção do PSD de Marco de Canaveses este ano “mais uma vez não foram distribuídos cabazes de Natal às famílias mais carenciadas, mas houve dinheiro para ser capa de revista”, concluem apontando que o concelho do Marco precisa de “um executivo responsável” que aposte nas várias áreas da comunidade e na atração de investimento e infraestruturas para melhorar a qualidade de vida dos marcoenses.

Em resposta a esta acusação, Cristina Vieira avançou em comunicado que a revista “O Meu Marco” é de todos os marcoenses e que “o investimento na informação não limita, nem condiciona em nada a intervenção na ação social, na educação e no desenvolvimento económico, como prova tudo aquilo que temos feito ao longo dos últimos meses nestas áreas e que, apesar de toda a informação prestada, alguns parecem querer teimar em ignorar”.

Deixa ainda nota que o município apoia e trabalha em coordenação “com todas as instituições de solidariedade social do concelho que conhecem em cada uma das freguesias as famílias e as suas vulnerabilidades”, garantiu.

banner-felgueiras-600x229

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.