Cristina Moreira quer ver construído um novo auditório em Lousada

Cristina Moreira quer ver construído um novo auditório em Lousada

A vice-presidente da Câmara Municipal de Lousada, Cristina Moreira, manifestou o seu interesse na construção de um grande auditório para receber concertos de excelência proporcionados pelo Conservatório de Música do Vale do Sousa.

A reação adveio do espetáculo que o mesmo conservatório deu na Casa da Música intitulado “O Natal e as Crianças”, no passado dia 18 de dezembro.

A construção de um auditório com grande capacidade “é uma vontade e faria todo o sentido, tendo em conta que Lousada é o município de onde grande parte dos alunos do Conservatório do Vale de Sousa são oriundos”, tal como salientou Cristina Moreira.

O Conservatório do Vale do Sousa tem vindo a crescer nos últimos anos, tendo atualmente 500 alunos e 60 professores. “É importante que a Casa da Música sinta e veja o poder do nosso conservatório”, acrescentou Cristina Moreira.

A vice-presidente aproveitou ainda para adiantar que “provavelmente Lousada será o único concelho do país em que todos os alunos sem exceção, desde a creche até ao 12.º ano escolar”. Há também ofertas musicais para os bebés, experiência que tem sido “um sucesso”. Ao todo, são quase quatro mil alunos que recebem educação musical em Lousada.

Esta é uma forma de fomentar a cultura nos jovens. “Lousada respira música e não é fácil ter o concelho mais jovem e virar esse público para a cultura”, explicou Cristina Moreira. A música é encarada pela autarquia como fundamental para o desenvolvimento pessoal e cognitivo das crianças. “Hoje em dia é preciso ser-se criativo e isso é transversal a todas as áreas profissionais”, disse.

Recorde-se que o concerto na Casa da Música esgotou os mil lugares disponíveis “rapidamente”. O concerto desencadeou-se a partir de um poeta chave, Alberto Caeiro, pela ligação que o poema tem com o menino jesus.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.