Marco de Canaveses: Lancheira Saudável foi entregue a 140 alunos do concelho

Marco de Canaveses: Lancheira Saudável foi entregue a 140 alunos do concelho

Arrancou esta sexta-feira, dia 11 de janeiro, o projeto “Lancheira Saudável”, promovido pelo município de Marco de Canaveses. Este projeto-piloto vai abranger quatro escolas do concelho, que foram selecionadas pelos próprios agrupamentos onde estão inseridas.

Os 140 alunos do primeiro ciclo deslocaram-se à Sala de Espetáculos do Marco Fórum XXI, na manhã desta sexta-feira, onde assistiram a uma peça de teatro cujo o mote era a alimentação saudável, protagonizada pelo grupo de teatro “Às três pancadas”.

No final da peça todos os alunos da EB1 Vila Nova (Vila Boa de Quires e Maureles), da EB1 Searinha (Marco), da EB1 Gandra (Alpendorada, Várzea e Torrão) e da EB1 Paredes Viadores (Paredes de Viadores e Manhuncelos), receberam a sua lancheira.

Diana Pereira, nutricionista e responsável por este projeto, explicou ao Jornal A VERDADE a sua finalidade. “O projeto tem como objetivo a promoção de conhecimentos junto de toda a comunidade educativa. Vamos tentar focar as nossas atenções na motivação para a adoção de novos hábitos, quer por parte dos encarregados de educação, quer dos próprios alunos”, afirmou.

De acordo com a profissional, o principal foco do projeto é “a melhoria de hábitos”. “Não estamos aqui para ensinar, mas sim para ajudar, esclarecer e cooperar com os pais e os alunos”, sublinhou, acrescentando que o início “será sempre difícil e haverá alguma resistência”, no entanto acredita que é possível esta mudança de hábitos acontecer.

“Não é fácil mudar e quando falamos de hábitos alimentares ainda mais difícil, mas acredito que com esforço e dedicação ao projeto, chegaremos lá”, referiu Diana Pereira.

Também presente no evento a entregar as lancheiras aos alunos esteve a presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses, Cristina Vieira. A autarca, disse que este projeto “foi articulado com os agrupamentos de escolas, com a área de saúde pública, com a comunidade educativa e com o quadro técnico da Câmara Municipal”, que tem o objetivo primordial de “criar hábitos de alimentação saudável nas crianças do concelho”.

A autarca disse que, este primeiro ano, será de análise para “perceber se as crianças vão levar a lancheira para a escola e se vão cumprir com a alimentação saudável”, se o projeto funcionar, no futuro será alargado a todos os alunos do concelho. “Isto é uma forma muito pedagógica de ensinarmos as crianças a terem uma alimentação mais saudável”, considerou.

Os alunos foram para casa com as suas novas lancheiras e com a promessa de porem em prática tudo o que aprenderam no que respeita à alimentação saudável.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.