Paredes: Padre acusado de maus tratos na Casa do Calvário indultado pelo Presidente da República

Paredes: Padre acusado de maus tratos na Casa do Calvário indultado pelo Presidente da República

Marcelo Rebelo de Sousa condecorou o padre António Baptista, o antigo diretor da Casa do Calvário de Beire, em Paredes, que foi condenado a pena, suspensa, de dois anos e nove meses de prisão pelos crimes de maus-tratos a utentes da instituição que  dirigia.

Este foi um dos cinco indultos concebidos pelo Presidente da República neste Natal e que foram sugeridos pela ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

Recorde-se que a Casa do Calvário de Beire integra a Obra de Rua, que foi criada pelo Padre Américo. O padre António Baptista, agora com 83 anos, foi impedido de voltar à instituição, tal como avançou o Jornal de Notícias.

O Tribunal de Penafiel proibiu ainda o padre de voltar à instituição, mas, com o indulto, poderá regressar.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.