“Presépio de Molares” já é uma referência no concelho de Celorico de Basto

A União de Freguesia de Veade, Gagos e Molares, no concelho de Celorico de Basto, tem um motivo de visita desde o dia 1 de dezembro. O “Presépio de Molares”, como já é conhecido, representa uma mini aldeia, contendo várias imagens.

Esta iniciativa surgiu há cerca dez anos, quando o padre da paróquia de Molares desafiou os habitantes de cada lugar a construir um presépio. Decorrida uma década apenas o presépio de Molares sobreviveu, tornando-se famoso.

Carlos Mota, organizador desta iniciativa, revelou ao Jornal A VERDADE que o presépio “cresce de ano para ano” e é visitado “por gente de todo o lado”, garantindo que “será uma iniciativa para continuar”.

“O presépio tem todas as imagens, tem animais, imagens em movimento, tem um pouco de tudo”, acrescentou Carlos Mota, recordando que a novidade principal deste ano é a iluminação.

A construção desta “mini aldeia” tem a duração de uma semana e conta com a ajuda de cerca de oito pessoas.

O “Presépio de Molares” pode ser visitado até depois dos Reis, não havendo ainda data para ser desmontado.

 

 

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.