Centro Cultural do Marco de Canaveses arrancou hoje num investimento 1,3 milhões

Centro Cultural do Marco de Canaveses arrancou hoje num investimento 1,3 milhões

Arrancou esta segunda-feira dia 3 de dezembro, a empreitada para remodelação do edifício do cineteatro implantado na Alameda Dr. Miranda da Rocha. A estrutura, que foi também em tempos sala de espetáculos e quartel dos bombeiros, será em breve o Centro Cultural do Marco de Canaveses.

O custo total da obra é de cerca de 1.350.000 euros, sendo cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). A empreitada vai contemplar uma biblioteca municipal, com espaços para adultos e crianças, e terá um auditório com capacidade para 215 lugares sentados e cinco para pessoas com mobilidade condicionada. Haverá ainda uma sala polivalente de 100metros quadrados, que servirá de espaço de exposição e espaço educativo e criativo.

Cristina Vieira, presidente da Câmara Municipal e titular do pelouro da Cultura considera que “um dos nossos objetivos com esta intervenção é dinamizar e manter viva esta parte nobre da cidade, preservando um edifício de relevância cultural e arquitetónica para os marcoenses”,  disse.

A autarca salientou ainda que a “nova biblioteca e ludoteca, será palco de muitas iniciativas direcionadas às famílias, desde teatro, exposições, música e espaço educativo e criativo para os nossos jovens”.

A intervenção no edifício passa pela total reestruturação do interior, uma vez que além da fachada visível da Alameda Dr. Miranda da Rocha, todo o interior está em bruto, sem qualquer acabamento. O tempo estimado dos trabalhos é de 9 meses.

A Verdade
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.