Autarquia de Felgueiras desafiou a população a deixar crescer o bigode

Autarquia de Felgueiras desafiou a população a deixar crescer o bigode

Dezenas de pessoas juntaram-se em frente à Câmara Municipal de Felgueiras esta sexta-feira, dia 30 de novembro, para mostrarem o se Mo (bigode).

A autarquia associou-se à Movember Foundation e desafiou a população a deixar crescer o bigode em prol de uma causa: sensibilizar e alertar os homens para a importância das consultas de rotina que ajudam na prevenção de doenças, como o cancro da próstata ou o cancro dos testículos.

No local estiveram cerca de uma centena de pessoas, entre homens e mulheres, uns com bigodes verdadeiros, outros falsos.

Na ocasião, o presidente da autarquia, Nuno Fonseca mencionou a importância da iniciativa. “Esta atividade pretende alertar a população. A prevenção é o primeiro passo para a cura de diversas doenças, inclusive do cancro da próstata. Neste mês de novembro, Felgueiras intensifica a campanha da luta contra um dos cancros mais comuns entre os homens”, sublinhou.

A vereadora com o Pelouro da Saúde da Saúde, Rosa Pinto, referiu que esta atividade não é isolada. “Insere-se num conjunto de iniciativas que estão a ser desenvolvidas no sentido de incentivar a população a tomar medidas de prevenção”, disse.

De acordo com a autarca, “atualmente, as mulheres estão mais sensíveis para estas questões do que os homens. A maioria das mulheres tem um comportamento preventivo e procura com regularidade o acompanhamento médico. Com estas medidas queremos que os homens adotem os mesmos hábitos e façam com maior regularidade exames para que os problemas sejam detetados mais cedo e os tratamentos sejam eficazes. Isto reduz sofrimento aos pacientes e diminui a despesa do Estado”.

A Escola Profissional de Felgueiras e as Juntas de Freguesia, nomeadamente a União das Freguesias de Macieira da Lixa e Caramos, a União das Freguesias de Torrados e Sousa e a Junta de Freguesia de Pombeiro aceitaram o desafio pela causa e também estiveram presentes. Também a população, em geral, aceitou o desafio a juntou-se à iniciativa.

A iniciativa insere-se no Plano Municipal para a Igualdade da autarquia que pretende combater a desigualdade, nomeadamente no acesso à Saúde.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com um *

Cancelar resposta

Apoie o jornalismo de qualidade.
Faça uma doação para este projeto.